Plano de revisões dos EVs é três vezes mais barato do que um modelo a combustão

O Grupo PSA está diversificando sua participação na mobilidade, indo além de vender carros por suas marcas (Citroën, Opel, Peugeot e Vauxhall). A empresa criou a Free2Move, serviço de compartilhamento de carros na França para antecipar um futuro problema: a queda no faturamento do pós-venda dos veículos. Isso porque os carros elétricos custam muito menos para manter, por terem menos peças – e isso é uma ameaça para a indústria automotiva.

Galeria: Peugeot e-208 2019

“Carros elétricos são muito mais simples [do que os veículos a combustão]”, explica Helen Lees, chefe de veículos elétricos do Grupo PSA. “Eles precisam de menos peças, menos tempo nas oficinas. No fim, isso significa menos tempo no pós-venda. Por isso que decidimos diversificar em áreas como compartilhamento.”

Lees explica que a perda de faturamento no pós-venda depende do crescimento dos carros elétricos. “No longo prazo, venderemos menos peças e menos horas de serviço em nossos elétricos. Quando olhamos para o plano de revisão do Peugeot e-208, por exemplo, ele é 1/3 mais barato do que as revisões do 208 a gasolina ou diesel.”

Peugeot e-208 2019
Peugeot e-208 2019

A executiva acredita que isso levará a uma mudança em como a indústria atual trabalha, com os concessionários ganhando dinheiro com o pós-venda, e terão que encontrar outra fonte de renda. Uma das forma pode ser transformar as concessionárias também em empresas de aluguel de carros, tanto de longo prazo quanto para compartilhamento rápido.