Em 2019, marca liderou mercado de elétricos com 367.656 unidades

No embalo dos resultados positivos conquistados em 2019, a Tesla já começa a planejar ambiciosas metas para este ano de 2020. Em entrevista recente, um porta-voz da marca disse que as previsões traçadas para os próximos meses devem superar com facilidade os resultados do ano passado, com crescimento superior a 40%. Na prática, a empresa espera romper a barreira simbólica de 500 mil unidades vendidas, ultrapassado com facilidade o recorde de 2019 que foi de 367.656 entregas. "Para todo o ano de 2020, as entregas devem exceder confortavelmente 500 mil unidades", disse.

Galeria: Tesla Model 3

O resultado virá principalmente de acertos implementados nas fábricas de Fremont, nos EUA, e na Gigafactory 3, na China. "Com otimizações na produção do Model 3 em Xangai e do Modelo Y em Fremont, a produção provavelmente superará as entregas este ano". Superar a marca de 500 mil unidades anuais significa emplacar por trimestre pelo menos 125 mil veículos, em média - ou 100 mil no primeiro trimestre e 150 mil no quarto, por exemplo. De todo modo, especialistas dizem que  a meta é relativamente fácil de ser alcançada. 

Fonte: Tesla