Marca planeja vender 50% de híbridos ou elétricos no país a partir de 2022

O programa estratégico de eletrificação da Nissan terá o Japão como primeiro país totalmente contemplado. Isso porque a marca pretende oferecer já a partir deste ano pelo menos uma versão de cada modelo com algum tipo de eletrificação. Em 2018, cerca de 25% das vendas da marca no mercado japonês foram de veículos híbridos ou elétricos. Para 2022, a meta é elevar esse percentual para 50%.

Para alcançar o objetivo, diversas novidades serão inseridas no mercado já nos próximos meses. Entre elas, destaque para um SUV totalmente elétrico (que provavelmente será a versão de produção do conceito Ariya) e uma variante também 100% EV do kei-car Dayz.

Galeria: Nissan Ariya Concept

Outro importante lançamento será a versão híbrida do Kicks, batizada de E-Power. O modelo estreará no país já com visual reestilizado (protótipos camuflados já forma vistos rodando na Ásia) e promete altos índices de eficiência. Também terá versões híbridas o SUV intermediário X-Trail.

Depois do Japão, o objetivo é ampliar a estratégia para outros mercados. Na Europa, a meta é alcançar 50% de eletrificados nas vendas em 2022, enquanto na China a cifra será de 30%.

Fonte: Nikkei