Elon Musk está furioso com o governo e anunciou até mudança da sede para outro estado

Após a tempestade de tuítes de Elon Musk criticando o bloqueio prolongado do COVID-19 no Condado de Alameda, Califórnia, a Tesla soltou uma postagem "Getting Back to Work" num blog, explicando toda a situação do seu ponto de vista. 

A empresa diz que é a última grande montadora que resta no estado e o maior empregador em manufatura, com mais de 10.000 funcionários na Tesla Factory em Fremont (fechada desde 23 de março) e 20.000 na Califórnia.

Galeria: Tesla - fábrica Fremont

Manter a fábrica fechada por mais algumas semanas (já fechada por cerca de sete semanas) pode afetar significativamente os negócios da Tesla (na verdade, já a afetou, mas pode ser ainda pior).

"O CEO da Tesla, Elon Musk, está tão frustrado com o bloqueio que está disposto a mudar o QG, o projeto futuro ou talvez até a produção existente da Califórnia para outros estados como Nevada/Texas."

Portanto, a ideia geral é retomar a produção o mais rápido possível, tomando várias medidas de precaução para trabalhar com segurança.

A empresa diz que preparou um "plano de segurança robusto" , implementou medidas de segurança na fábrica e realizou treinamento on-line dos funcionários (que "estão empolgados para voltar ao trabalho" ). Veja detalhes do documento Tesla "Return to Work Playbook" aqui .

"Nosso plano de reinicialização é o resultado de meses de planejamento e preparação cuidadosos. Foi modelado após o plano abrangente de retorno ao trabalho que estabelecemos em nossa fábrica em Xangai, que teve operações tranquilas e saudáveis ​​nos últimos três meses.

Estamos gastando o tempo necessário para treinar nosso pessoal adequadamente antes de começarem a trabalhar e todos os funcionários devem concluir um treinamento em vídeo online antes de retornar ao trabalho em qualquer instalação da Tesla. Temos um plano completo de retorno ao trabalho para todos os locais. Uma equipe de resposta multifuncional, incluindo um médico interno, trabalha diariamente para estabelecer diretrizes de saúde e segurança com base em avaliações de risco específicas de local e trabalho, e revisamos continuamente nossos processos para garantir que funcionem para nossos funcionários. esse novo ambiente.

Em março, realizamos avaliações de risco em cada local, analisando como e onde as pessoas trabalham, como elas interagem e quais medidas são necessárias para atender aos padrões de segurança. Em alguns casos, adicionamos partições ou barreiras para separar áreas de trabalho e minimizamos as interações dos funcionários posicionando as peças mais perto de onde essa tarefa é concluída na linha. Também exigimos equipamentos de proteção individual adicionais, além de protocolos rigorosos de limpeza e desinfecção ".

 
O problema que Tesla tem é que o governo local impede o reinício. Não estamos em posição de avaliar quem está certo (após a ação movida em 9 de maio, o tribunal o fará), mas vamos ver a perspectiva da Tesla:

"Além disso, pelo menos três condados vizinhos na mesma situação já retomaram suas economias, incluindo manufatura, incluindo os condados de Solano, Napa e San Joaquin. Enquanto isso, o condado de Alameda, onde fica nossa fábrica, e o condado de Santa Clara ao lado, declararam nas perguntas frequentes sobre retorno à ordem de serviço que é permitido retomar a fabricação de recursos de energia distribuída (que é definida na lei estadual para incluir veículos elétricos, armazenamento solar e de baterias).

Como trabalhamos com o condado

Contrariamente às recentes orientações e apoio do governador da cidade de Fremont, o condado de Alameda está insistindo que não devemos retomar as operações. Isso não ocorre por falta de tentativa ou transparência, pois nos reunimos e colaboramos em nossos planos de reinicialização com a Agência de Serviços de Saúde do Condado de Alameda. Infelizmente, o agente de saúde pública do condado que está tomando essas decisões não retornou nossas ligações ou e-mails.

A lista abaixo é apenas algumas das informações que compartilhamos com autoridades da cidade e do condado:

  1. Plano detalhado de reinicialização de saúde e segurança com lista de verificação e fotos
  2. Diretrizes de saúde e segurança dos funcionários
  3. Processo de avaliação de riscos, incluindo o que fizemos em toda a fábrica
  4. Melhorias na avaliação de riscos, incluindo como identificamos e lidamos com riscos altos / médios / baixos
  5. Protocolo de triagem de temperatura mais um compromisso de adicionar triagem de temperatura quando retomarmos rotas de ônibus de longa distância
  6. Plano revisado de reinício da produção Fremont
  7. Layout de fábrica com metragem quadrada para ilustrar como as pessoas estão espalhadas em nossas instalações de 550.000 m2.
  8. Capacidade da sala de descanso (reduzida para distanciamento social) e número de pessoas em cada sala com base na área de trabalho

Continuaremos a colocar as pessoas de volta ao trabalho de maneira segura e responsável. No entanto, a posição do condado não nos deixou escolha a não ser tomar medidas legais para garantir que a Tesla e seus funcionários possam voltar ao trabalho. Em 9 de maio, movemos uma ação pedindo ao tribunal que invalidasse as Ordens do Condado, na medida em que o Condado alega que impedem a Tesla de retomar as operações ".

Ocultar press releaseMostrar press release

Getting Back to Work

Tesla is the last major carmaker remaining in California, and the largest manufacturing employer in the State with more than 10,000 employees at our Fremont factory and 20,000 statewide. We understand the impacts COVID-19 has caused and have a responsibility to look out for the livelihoods and safety of our personnel, many of whom rely on us and have been out of work for weeks due to the impacts of shelter-in-place orders.

Given the Governor’s recent guidance, which is supported by science and credible health data, the state and federal government’s classification of vehicle manufacturing as national critical infrastructure, and our robust safety plan, Tesla has started the process of resuming operations. Our employees are excited to get back to work, and we’re doing so with their health and safety in mind.

What We’re Doing
Our restart plan is the result of months of careful planning and preparation. It was modeled after the comprehensive return to work plan we established at our Shanghai Gigafactory, which has seen smooth and healthy operations for the last three months.

We are taking the time we need to get our personnel properly trained before they begin work and all employees must complete an online video training before returning to work at any Tesla facility. We have a thorough return-to-work plan for all locations. A cross-functional response team, including an in-house physician, has been working daily to establish health and safety guidelines based on location- and job-specific risk assessments, and we are continuously reviewing our processes to ensure they work for our employees in this new environment.

Back in March, we conducted risk assessments at each site, looking at how and where people work, how they interact, and what measures are needed to meet safety standards. In some cases, we have added partitions or barriers to separate work areas and minimized employee interactions by positioning parts closer to where that task is completed on the line. We are also requiring additional personal protective equipment, along with rigorous cleaning and disinfecting protocols.

Our Return to Work playbook details the comprehensive safety measures we have introduced to ensure employee safety.

Why We’re Restarting
Tesla is not an outlier, nor are we going against the grain. From the State’s very first shelter-in-place order, national critical infrastructure, including vehicle manufacturing like Tesla’s Fremont factory, was considered vital and given permission to continue operating. The Governor repeated this direction this week when he made clear manufacturing should resume.

In addition, at least three neighboring counties in the same situation have already restarted their economies including manufacturing, including Solano, Napa, and San Joaquin Counties. Meanwhile, Alameda county, where our factory resides, and Santa Clara County next door, have stated in their return to work order FAQs that the manufacturing of distributed energy resources (which is defined in state law to include electric vehicles, solar and battery storage) is permitted to resume.

How We’ve Worked with the County
Contrary to the Governor’s recent guidance and support from the City of Fremont, Alameda County is insisting we should not resume operations. This is not for lack of trying or transparency since we have met with and collaborated on our restart plans with the Alameda County Health Care Services Agency. Unfortunately, the County Public Health Officer who is making these decisions has not returned our calls or emails.

The list below is just some of the information we’ve shared with city and county officials:

  1. Detailed health and safety restart plan with checklist and photos
  2. Employee health and safety guidelines
  3. Risk assessment process, including what we’ve done throughout the factory
  4. Risk assessment improvements, including how we’ve identified and addressed high/medium/low risks
  5. Temperature screening protocol plus a commitment to add temperature screening when we resume long-distance shuttle routes
  6. Revised Fremont production restart plan
  7. Factory layout with square footage to illustrate on how people are spread out across our 6 million square foot facility
  8. Break room capacities (reduced for social distancing) and numbers of people in each room based on work area

We will continue to put people back to work in a safe and responsible manner. However, the County’s position left us no choice but to take legal action to ensure that Tesla and its employees can get back to work. We filed a lawsuit on May 9 asking the court to invalidate the County Orders, to the extent the County claims they prevent Tesla from resuming operations.