SUV de 7 lugares entrega 457 cv e pode rodar até 42 km em modo 100% elétrico

Fazendo parte da reestruturação da Ford, que está aposentando sedãs e hatchbacks para dar lugar os SUVs, o Novo Ford Explorer PHEV começa a chegar às concessionárias europeias. Esta versão híbrida plug-in de sete lugares já havia sido anunciada para o Velho Continente em abril do ano passado.  

Em termos de especificações, elas permanecem praticamente inalteradas em relação aos dados revelados no lançamento. O Explorer Plug-In Hybrid trabalha com o conhecido motor EcoBoost V6 3.0 de 355 cv associado ao motor elétrico de 102 cv, produzindo o total de 457 cv (não 455 cv como a marca havia anunciado no passado) e torque máximo de expressivos 85,6 kgfm. Uma bateria de 13,6 kWh de íons de lítio completa o trem de força híbrido.

Galeria: Novo Ford Explorer PHEV

A bateria pode ser recarregada a partir de uma tomada externa de 230 volts em menos de 5 horas e 50 minutos e em menos de 4 horas e 20 minutos por meio do Wallbox (opcional) ou de uma estação de carregamento público compatível.

Equipado com o câmbio automático de 10 marchas e tração integral inteligente, o crossover tem um rendimento estimado de respeitáveis 29,4 km/l, de acordo com a Ford, e autonomia de 42 km (WLTP) no modo totalmente elétrico. A condução híbrida oferece 7 modos de condução, incluindo Normal, Sport, Towing (para rebocar), Snow (neve) e mais três para liderar com qualquer condição climática. A capacidade de reboque vai até 2.500 kg.

O conteúdo é bem interessante mas a Ford cobra caro por isto: na Alemanha, por exemplo, o Explorer PHEV tem preços à partir de 76.000 euros (US$ 81.980) para a ST-Line e 77.000 euros (US$ 83.030) para a Platinum. Apenas como referência, o BMW X5 xDrive 45e equipado com o propulsor 6-cilindros associado ao motor elétrico para um total de 394 cv e 61,2 kgfm sai por 77.300 euros (US$ 83.350).