Longe do Brasil, hatchback tem planos de eletrificação na próxima geração

Há um bom tempo longe das concessionárias no Brasil, o Ford Focus segue sua trajetória em outros mercados como a Europa e a Austrália. Nesta semana, um executivo da marca do oval azul disse ao site australiano Caradvise que o atual Focus ST será o último hot hatch tradicional, sendo que provavelmente já na próxima geração ele adotará um sistema híbrido. 

Embora não pudesse revelar muitos detalhes sobre os planos futuros da Ford, Stefan Muezinger, chefe da Ford Performance Europe, disse à imprensa australiana durante o lançamento do novo Ford Focus ST 2021 no país que era "inevitável" que a propulsão híbrida chegasse ao próximo Focus ST.  

Galeria: Ford Focus ST

Questionado sobre o tema eletrificação para os futuros hatches esportivos da marca, Muenzinger disse: "Na Europa, como você sabe, existem restrições (e) legislações significativas de CO2. Os fabricantes devem cumprir as metas de consumo da frota de CO2, o que realmente pressiona tremendamente (fabricantes de automóveis) como frota, para cumprir essas metas. Eu acho que a resposta é um pouco sim."

Falando especificamente sobre um Focus ST híbrido, se tal opção de trem de força seria inevitável para a próxima geração daqui a alguns anos, Muenzinger declarou: "Como você pode imaginar, existem todos os tipos de estudos em andamento, e eu não posso lhe dar qualquer período em particular aqui, mas estamos vendo as coisas. Estamos analisando o que os clientes gostariam e o que faz sentido do ponto de vista comercial... mas sim (híbrido) está sendo considerado, absolutamente."

Lançada em 2005 como o sucessor do Focus ST170, o ST iniciava uma trajetória de respeito que dura até os dias de hoje. O modelo mais recente, que estreou em 2019, vem equipado com o motor 2.3 litro turbo herdado do Mustang que entrega 280 cv e 42,8 kgfm de torque máximo. O hatch pode ser adquirido com o câmbio manual de 6 marchas ou um novo automático de 7 posições, sempre com tração dianteira.

Para reforçar a intenção da Ford rumo a eletrificação não podemos deixar de citar que a questão de emissões de CO2 das frotas é uma equação um tanto desafiadora para todas as montadoras. Na Europa, por exemplo, regras mais rígidas de emissões à partir de 2021 forçaram a marca do oval azul a anunciar o encerramento da produção do emblemático Ford Focus RS de 355 cv. Certamente uma perda para os entusiastas mais tradicionais e um indicativo de um futuro onde a eletrificação é inevitável. 

Fonte: CarAdvise