Eletrificação deve ir muito além da família I.D.

Quando a Volkswagen começou a falar em eletrificação, antes mesmo de revelar a família I.D., 100% elétrica, ninguém imaginaria que os planos iriam encampar vários segmentos do seu portfólio, e isto inclui a assinatura 'R'. Nesta semana, um executivo da marca disse ao Top Gear que o futuro dos esportivos da marca inevitavelmente será elétrico. 

Bastante conceituado, o emblema R é aplicado aos modelos de alto desempenho da marca alemã. Famosa pelo emblemático Golf R, a divisão de performance já trabalhou recentemente em veículos como o T-Roc e o Touareg. O Polo R chegou a ser cogitado mas acabou sendo descartado pelo alto custo. 

Galeria: Flagra VW Golf R 2021 - Nürburgring

Na semana passada, Jürgen Stackmann, membro do conselho da Volkswagen Group, disse ao TopGear:

"O futuro da linha R precisa ser e será elétrico. Ainda estamos trabalhando no que começamos há dois anos e meio - o que obviamente não era elétrico, embora emocionante -, mas o trabalho daqui para frente é e será eletrificado."

Desde o início do ano começaram a surgir relatos sobre futuros modelos I.D. R, mas agora a questão da eletrificação vai subir a outro nível. Como exemplo, o executivo citou o atual Touareg R - o primeiro modelo VW com emblema R e um trem de força híbrido. E diz que isto é só o começo. 

Entre as novidades mais aguardadas da linha de desempenho está a oitava geração do Golf R, com estreia prevista para o segundo semestre. O hatch furioso equipado com o motor turbo 2.0 litros de tração nas quatro rodas é bastante reverenciado pelos entusiastas. Mas é bom se preparar, porque o futuro desta linhagem deve tornar 'eletrizante'.

Fonte: Top Gear