Modelo tem 500 km de autonomia e começa a ser vendido na Finlândia

Maior fabricante mundial de veículos elétricos, a gigante chinesa BYD agora concentra esforços no diversificado mercado europeu. Após divulgar os preços do sedã Han, que também será lançado no velho continente, agora a marca anuncia de forma oficial o lançamento do Tang, um SUV 100% elétrico de sete lugares que estreia na Noruega mas tem planos de se espalhar pela Europa.

Trata-se da segunda geração do utilitário, que se destaca pelo espaço interno, oferta de equipamentos, capacidade para até sete ocupantes e autonomia estimada em mais de 500 km - o sucesso vai depender muito do preço cobrado (na China equivale a 34.000 mil euros).

Galeria: BYD Tang EV

Esta ofensiva de veículos de passeio trata-se de uma nova investida para o grupo chinês, que é conhecido na Europa principalmente por seus ônibus elétricos, caminhões e vans comerciais, embora já tenha lançado alguns veículos de passeio por lá, presentes principalmente em frotas de táxis na Espanha. Vale destacar ainda que a Noruega foi escolhida por ser o país mais avançado do continente em termos de eletrificação da frota. 

BYD Tang EV

Segundo Isbrand Ho, diretor administrativo da BYD Europa, a estratégia se baseia em "avaliar de perto como esse primeiro modelo acolhe o mercado europeu e, a longo prazo, expandir as vendas de automóveis de passageiros além da Noruega".

Falando sobre o BYD Tang, ele é um SUV com quase cinco metros de comprimento que pode ter configuração para cinco ou sete ocupantes. O trem de força é composto por dois motores elétricos, um em cada eixo, capazes de fornecer 365 kW (496 cv) de potência com tração integral permanente. A bateria possui 82,8 kWh de capacidade, suficiente para percorrer 600 km com uma única recarga (cliclo NEDC). No entanto, pelo ciclo mais rigoroso WLTP esse número deve baixar para 500 km.