A Ford anunciou de forma oficial o atraso em alguns países

De acordo com relatórios oficiais da Holanda, França e Reino Unido - via e-mails da Ford para clientes que fizeram reservas - o Mustang Mach-E 100% elétrico não começará as entregas até o início de 2021. Nesses países, a Ford havia prometido que as primeiras entregas ocorreriam em 2020. Se a montadora acelerar no início de 2021, isso não será ruim, considerando as circunstâncias relacionadas à pandemia global do Covid-19.

No momento, não há relatos oficiais da Ford ou de clientes com reservas dos EUA de que o Mach-E sofrerá atraso nos EUA. A marca do oval azul continuou afirmando que o vírus não afetou a produção ou as entregas do próximo SUV elétrico na América do Norte. De fato, a Ford respondeu às perguntas de vários fóruns. E disse que atualmente não há atrasos nos EUA e o Mach-E ainda chegará ainda em 2020.

Galeria: Ford Mustang Mach-E (Europa)

Incluímos alguns links abaixo, embora existam vários tópicos sobre a situação em alguns fóruns do Ford Mustang Mach-E. Se você seguir os links, verá alguns e-mails oficiais da Ford para clientes em vários países, além de detalhes mais específicos relacionados à situação. Esta é uma história em desenvolvimento, pois entusiastas e clientes com reservas estão trabalhando para obter mais informações sobre quais outros países podem ser impactados.

Nos e-mails, a Ford explicou que está reativando suas fábricas que estavam suspensas e priorizando a segurança de seus trabalhadores. Enquanto isso, ele continua testando o Mach-E e incorporando melhorias. Além disso, não deve haver impacto negativo na qualidade do produto final.