Acrescente a isso alguns incentivos do governo e o hatch elétrico se torna uma pechincha

Quando a General Motors lançou o elétrico Bolt pela primeira vez no final de 2016, ele se destacou entre os veículos elétricos disponíveis. Nenhum outro fabricante além da Tesla tinha um elétrico que chegasse perto de 200 milhas de autonomia (320 km), e o Bolt ultrapassou essa marca com uma classificação da EPA de 238 milhas (383 km). 

No entanto, se passaram três anos e meio e a indústria alcançou o Bolt e os elétricos com essa faixa de autonomia como o Tesla Model 3, o Nissan LEAF Plus, o Kia Niro EV e o Hyundai Kona competem aproximadamente na mesma categoria de preço que o hatch da Chevrolet

Galeria: Chevrolet Bolt - Testado no Brasil

Para piorar a situação, em 2019 a GM atingiu a marca de 200.000 elétricos vendidos e o crédito tributário federal que os clientes da marca conseguiram ao alugar ou comprar um elétrico expirou. Perder esse crédito realmente prejudicou as vendas do Bolt e, para manter o modelo competitivo, a GM ofereceu um desconto que os americanos chamam de "cash on the hood" e mais incentivos de fábrica para tornar o seu hatch elétrico mais atraente na hora da compra. 

O valor do incentivo varia mês a mês e, atualmente, a GM oferece US$ 8.500 (R$ 45.600) em uma compra à vista de qualquer Bolt EV 2020. Se o cliente quiser financiar o veículo, ele receberá um financiamento com taxa 0% por 72 meses com um subsídio de US$ 4.700 (R$ 25.200) em dinheiro. 

Mas a economia não termina aí. Muitos estados também oferecem incentivos para veículos elétricos que podem variar de US$ 1.000 e US$ 4.000, chegando a US$ 5.000 no caso de Nova Jersey, que tem uma política mais agressiva de incentivos. Quando você adiciona eles sobre o descontão da própria GM o carro realmente se torna uma pechincha. 

No caso de Nova Jersey, por exemplo, um Bolt EV tem preço de tabela de US$ 37.495. Deduzindo o desconto da GM e os incentivos estaduais ele cai para US$ 23.995. Coloque mais US$ 1.000 de desconto do revendedor, que é quase um padrão nos EUA e você terá um Bolt com 409 km de autonomia por menos de US$ 23.000 (R$ 123.400).

Para efeito de comparação, aqui no Brasil, onde ainda não há uma demanda que permita às marcas conceder descontos tão generosos e também onde os incentivos governamentais são mais tímidos, o Bolt EV está tabelado a R$ 209.900 (US$ 39.110).