Marca detalha nova estratégia para veículos elétricos

  • Nova plataforma modular vai permitir o lançamento de uma gama de veículos elétricos
  • Sistema de propulsão flexível é versátil e proporcionará redução de custos 
  • Bateria Ultium garante autonomia de até 660 km com um carga

Representada pelo Chevrolet Bolt, a gama de carros elétricos da GM vai crescer em breve. Após várias notícias e rumores, a marca divulgou uma nota oficial com a nova estratégia para eletrificação da frota nos próximos anos. O plano tem como destaques a estreia de uma nova plataforma modular global, um sistema de propulsão flexível e as novas baterias com o conceito Ultium

O objetivo é atender todos os segmentos de mercado, dos mais populares que buscam apenas um meio de transporte urbano eficiente e acessível até aos mais luxuosos que buscam as últimas novidades em termos de tecnologia e alta performance em termos de desempenho. "Milhares de cientistas, engenheiros e designers da GM estão trabalhando na execução de uma histórica reinvenção da companhia", disse Mark Reuss, Presidente da GM. "Estamos próximos de entregar um plano sustentável de negócio para os carros elétricos que irá beneficiar milhões de consumidores".

Galeria: Chevrolet Bolt - Testado no Brasil

Bateria de 800 volts

As baterias Ultium foram desenvolvidas em parceria com a LG Cell e são construídas de forma que podem ser dispostas na vertical ou horizontal no módulo, permitindo otimizar o armazenamento de energia e o layout de acordo com o design de cada veículo.

As opções para esse tipo de bateria variam de 50 kWh a 200 kWh, o que garante, dependendo do modelo, autonomia superior a 660 km com uma carga. Elas trabalham a 400 volts e capacidade de carregamento rápido de até 200 kWh, enquanto a arquitetura de 800 volts e 350 kW fica reservada às picapes.

A produção em massa dessas baterias vai levar a redução dos custos a um patamar inferior a US$ 100/kWh, um valor perseguido pela indústria e que permitirá baratear o preço final dos carros elétricos. Sua composição com baixo conteúdo de cobalto e conceitos avançados de produção ajudarão a reduzir ainda mais o custo.

Plataforma flexível global

Projetada para reduzir a complexidade de construção dos veículos elétricos, a nova plataforma modular, projetada em conjunto com o sistema de propulsão fleível, permitirá à marca uma ampla economia de escala e a criação de uma gama de modelos como picapes, SUVs, crossovers, automóveis de passeio e veículos comerciais. Para exemplificar, a GM pretende reduzir para apenas 19 opções de configuração de baterias e propulsores para a linha de veículos elétricos.

Fonte: GM