Versões elétrica e a combustão foram flagradas em gravação de comercial no país

  • Novo Peugeot 208 estreia no Brasil até o fim do ano
  • Versão elétrica será lançada junto com as demais variantes
  • Modelo será produzido na Argentina e na Europa (elétrico)

Com lançamento no Brasil aguardado ainda para este ano, a nova geração do Peugeot 208 foi flagrada no sul do país no último fim de semana. Algumas unidades do hatchback, inclusive a versão elétrica batizada e-208 na Europa, foram pegos no último fim de semana durante a gravação de um comercial em Porto Alegre (RS). 

As imagens foram divulgadas pelos amigos do Opinião Sincera e mostram os carros estacionados ao lado do Mercado Público da capital gaúcha. Coincidentemente, a marca francesa também revelou nos últimos dias alguns detalhes sobre o "208 Mercosul", que será produzido na Argentina e sofrerá algumas modificações em relação ao modelo europeu (no caso das versões a combustão).

Flagra: Novo Peugeot 208 gravação comercial (BR) - lateral
Flagra: Novo Peugeot 208 gravação comercial (BR)

Apesar de algumas perdas na gama de motores (ausência da motorização turbo), a marca confirmou que o modelo destinado para nossa região contará com um pacote de segurança "sem precedentes" e também com a nova versão do i-Cockpit, uma marca registrada do compacto. Agora ele é composto por um painel digital 3D com cinco modos de visualização e tecnologia holográfica. O conceito mantém características como volante compacto e painel de instrumentos em posição elevada.

Galeria: Avaliação: Peugeot e-208

O flagra do novo Peugeot 208 mostra que o compacto irá estrear no Brasil com três versões, com destaque para o elétrico e-208 (importado da Europa). A versão elétrica estava prevista para o ano que vem mas tudo indica que será lançada junto com as demais variantes antes do fim do ano.

Com a nova geração o Peugeot 208 passa a ser produzido na Argentina e não mais em Porto Real (RJ). Serão três versões: Allure, Grife e GT-Line, todas equipadas com o veterano motor 1.6 16V - o 1.2 turbo ficou de fora por enquanto. A versão elétrica deve ser batizada como 208 e-GT, e não e-208 como na Europa.

Com Motor1