Após rumores de descontinuação, Volkswagen dá sinal verde para a próxima geração do sedã.

Após rumores e especulações sobre a sua descontinuação, parece que o Volkswagen Passat ainda vai continuar um bom tempo no mercado. De acordo com a matéria do site britânico Autocar, a marca alemã deu sinal verde para a próxima geração do seu tradicional sedã, que chegará ao mercado em 2023 com uma nova estratégia de mercado e irá estrear uma inédita versão totalmente elétrica. 

Tal decisão ocorre pouco tempo após o CEO da Volkswagen, Hebert Diess, lançar dúvidas sobre a continuidade do sedã grande. Na verdade elas surgiram pelo aumento de popularidade do Arteon e dos ambiciosos planos de eletrificação da marca, que incluem o lançamento da versão de produção do bem sucedido conceito ID Vizzion.

Galeria: Volkswagen Passat GTE 2019 Plug-In Hybrid

Mostrado como estudo nas variações sedã e perua, o ID Concept Vizzion é baseado na plataforma modular MEB (a mesma utilizada pelos modelos ID.3 e ID.4). Dada a semelhança de porte e aparência da versão final do ID. Vizzion com um futuro Passat, a empresa considerou seriamente a possibilidade de abandonar o lançamento da próxima geração do modelo à combustão. 

Volkswagen I.D. Space Vizzion
Volkswagen I.D. Space Vizzion

No entanto, a Volkswagen decidiu seguir adiante com seu modelo clássico, mas com mudanças profundas em sua estratégia de mercado. Além do encerramento da produção do modelo na fábrica de Emden, na Alemanha, o Passat não terá mais duas versões globais, uma produzida sobre a base MQB (europeia) e outra baseada na plataforma PQ46 (EUA e China) - ele passará a compartilhar plataforma e trem de força com o Skoda Superb. 

Dessa forma, a partir de 2023, todas as versões do Passat serão baseadas em uma única versão atualizada da plataforma MQB, com opção de tração dianteira ou nas quatro rodas, que comportará trens-de-força híbridos leves, híbridos a gasolina e por fim um sistema de propulsão totalmente elétrico, inédito no modelo. 

Fonte: Autocar