Versão 100% elétrica da picape mais vendida da marca chegará ao mercado em 2022

De olho no futuro segmento de picapes elétricas, que irá começar a despontar a partir do ano que vem, a Ford trabalha com afinco na futura F-150 elétrica. De acordo com o que foi apurado pela Bloomberg, a montadora norte-americana já iniciou a construção da fábrica que irá produzir a versão elétrica da picape mais vendida do mercado norte-americano. 

Conforme apurado, a nova fábrica da F-150 elétrica fica próxima da atual unidade que produz as picapes da Ford em Dearborn, Michigan. De acordo com pessoas ligadas ao projeto, a produção dos primeiros protótipos está prevista para começar em 2021. Ao mesmo tempo, a montadora também está modernizando a linha de produção em Dearborn, para se adaptar à nova geração da F-150, recém-lançada nos Estados Unidos. 

Galeria: Ford F-150 EV Protótipo

Embora ainda não tenha muitos detalhes conhecidos, a produção da picape elétrica é crucial para a Ford, uma vez que a marca é líder histórica de vendas de picapes nos Estados Unidos e naturalmente não poderia ficar do próximo passo que é a eletrificação da linha. O que se sabe é que a futura F-150 elétrica chegará ao mercado em meados de 2022, conforme divulgado há pouco tempo.

Na ocasião da assinatura do acordo de parceria com a Volkswagen, Jim Farley, diretor de operações da Ford, disse:

"Os veículos comerciais são fundamentais para a Ford hoje e uma área em que iremos acelerar e crescer, e trabalhar com a Volkswagen nessas plataformas nos fornecerá vantagens financeiras significativas em aspectos como engenharia, instalações e ferramentas. Separadamente, a Ford adicionará versões elétricas de bateria do Transit e do F-150 nos próximos 24 meses para clientes comerciais que precisam cada vez mais de zero emissões e poder de conectividade, dados e inteligência artificial.”

Vale lembrar que o próximo ano será decisivo para as picapes elétricas, pois está prevista a chegada ao mercado de diversos modelos, entre eles a GMC Hummer EV, Rivian R1T, Lordstown Endurance, Tesla Cybertruck e alguns meses depois a Nikola Badge. Recentemente, até a startup norte-americana Fisker anunciou que também lançará sua picape, mas que deve demorar um pouco mais para ficar pronta. 

Fonte: Bloomberg