Iniciativa também prevê a instalação de 10 eletropostos no estado.

Um dos carros elétricos mais baratos à venda no Brasil e um dos primeiros a chegar ao nosso mercado, o Renault Zoe agora fará parte da frota oficial do Governo do Estado do Paraná. Ao todo são 10 unidades do modelo que foram recebidas durante uma cerimônia realizada nesta quarta-feira (2). 

A iniciativa faz parte do projeto VEM PR, uma parceria com a Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI) e o Parque Tecnológico de Itaipu (PTI) que visa estimular a adoção de políticas sustentáveis e a difusão de modelos inovadores de gestão governamental.

Galeria: Renault Zoe - Governo do Parana

O Paraná é a segunda unidade da Federação a participar desse projeto e os novos Renault Zoe serão incorporados à frota do Estado em regime de comodato para serem utilizados prioritariamente para as demandas da Secretaria de Estado da Saúde durante a pandemia -o prazo de vigência da parceria é de 40 meses.

A iniciativa prevê ainda a instalação de dez eletropostos de carregamento em Curitiba e Região Metropolitana. Cinco já têm locais definidos (duas unidades na Secretaria da Saúde, uma no Hospital do Trabalhador, uma no Laboratório Central do Estado e uma no Jardim Botânico) e os demais serão indicados pelo Governo do Estado nos próximos dias.

O principal uso dos carros elétricos será por meio de compartilhamento (carsharing). Os veículos do VEM PR estão equipados com o aplicativo MoVe, desenvolvido pelo PTI, que permite reservar os veículos disponíveis, acompanhar sua localização, monitorar a velocidade, a carga de bateria, as rotas percorridas, além de outras informações. O Renault Zoe tem autonomia para 300 km com uma carga e velocidade máxima de 135 km/h. 

"A ideia é otimizar a máquina pública cada vez mais, fazer mais com menos. No mundo todo o compartilhamento já é realidade", afirmou o governador Ratinho Junior.

"Lançamos neste ano o TáxiGov, que já modernizou esse sistema no setor público, mas queremos avançar cada vez mais. A sinergia com a ABDI e o PTI é fundamental nessa estratégia".

O governador também disse que o Estado é um polo de inovação e sustentabilidade. Ele citou a iniciativa de zerar a alíquota do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) dos veículos elétricos, a consolidação da maior eletrovia do País (BR-277) e as diversas ações com apoio estatal para incentivar novas startups, tecnologias aplicadas à máquina pública e ecossistemas regionais de inovação.