A marca alemã também está investindo na expansão das eletrovias pelo país.

Pouco tempo após começar a pré-venda do Porsche Taycan no Brasil, a marca alemã anuncia o início de funcionamento da estação de recarga para veículos elétricos mais rápida do país. Localizada no Porsche Center São Paulo, o carregador fabricado pela ABB possui 350 kW (DC).

O proprietário do esportivo elétrico só precisa encostar o carro, plugar o carregador no veículo e aguardar 22,5 minutos para carregar de 5% até 80% da capacidade da bateria. Sucesso de vendas que tem superado as previsões da marca, o Porsche Taycan é o primeiro veículo elétrico com arquitetura de 800 volts - o carregador ultrarrápido instalado em São Paulo utiliza padrão CCS2 e também será compatível com os futuros Porsches de propulsão elétrica.

Galeria: Avaliação: Porsche Taycan 4S

Neste primeiro momento, todos os concessionários Porsche do Brasil terão até oito carregadores Porsche de 11 e 22 kW (Recarga AC). Com eles, a recarga completa da bateria do Taycan é feita em até 9 horas. Além das concessionárias, a marca alemã tem investido em uma estrutura de carregamento que permita percorrer longas distâncias. Atualmente são 70 carregadores Porsche de 11 kW instalados em 10 estados, sendo 46 em parceiros como shopping centers, hotéis, clubes de Golfe, restaurantes, entre outros.

Eletrovias

Em parceria com a empresa do setor elétrico EDP, Audi e Volkswagen, a Porsche vem criando as chamadas "eletrovias ultrarrápidas", projeto pioneiro na América Latina, que são rotas nas quais existam estações de carregamento de 150 ou 350 kW em locais que proporcionem comodidade para o cliente e a distâncias máximas de 200 quilômetros umas das outras.

Essa rede de abastecimento de energia elétrica para os veículos elétricos da marca estará disponível em todo o estado de São Paulo nas principais vias, além de conectar as eletrovias já existentes, que são a rodovia Presidente Dutra (São Paulo-Rio de Janeiro) e a BR-277 (Porto de Paranaguá-Foz do Iguaçu, no Paraná). A conclusão desse projeto está prevista para 2022.