Após anos de desenvolvimento, o hatchback elétrico finalmente chegou aos clientes.

Nesta sexta-feira, 11 de setembro de 2020, a Volkswagen começa uma nova fase que deve mudar definitivamente os seus rumos. A marca alemã iniciou oficialmente as entregas do seu aguardado carro elétrico ID.3 construído sobre a plataforma MEB. 

A primeira unidade da edição limitada 1ST (um dos 30.000 carros da versão de 58 kWh com o pacote extra de equipamentos), foi entregue pelo diretor de vendas da Volkswagen, Jürgen Stackmann, a um cliente - Oliver Nicolai - na Transparent Factory em Dresden, Alemanha.

Galeria: Volkswagen ID.3 First Edition

As entregas para os demais cliente provavelmente já estão começando em outras concessionárias na Alemanha e, nas próximas semanas, nos demais países da Europa onde o hatchback elétrico está desembarcando. 

 
 
 
 

A Volkswagen recentemente mostrou que centenas de unidades do ID.3 foram enviadas para o Reino Unido, Noruega e Suécia, bem como para vários outros mercados na Europa, como Itália, além dos Países Baixos e Irlanda.

Tudo indica que os emplacamentos do Volkswagen ID.3 na Europa devem disparar em setembro, possivelmente ultrapassando as 10.000 unidades.

 
 
 
 

Logo após o primeiro lote do ID.3 ser entregue aos clientes, a Volkswagen irá lançar seu segundo modelo baseado na arquitetura MEB, o ID.4, que já está em produção e com início de vendas programado ainda para este ano.

A principal ofensiva de elétricos da marca entrou em estágio de produção e vendas e veremos de perto como os veículos elétricos projetados exclusivamente na Alemanha irão se comportar no mercado de modelos zero emissões.  

Os vultosos investimentos de bilhões de dólares não permitem à Volkswagen cometer erros. A família ID deve ser bem-sucedida (e vender centenas de milhares de unidades por ano) ou toda a empresa seria duramente atingida.