Grupo coreano enviou os primeiros sistemas de células de combustível de hidrogênio para a Europa.

  • Hyundai Motor está exportando seu sistema de célula de combustível de hidrogênio para a Europa para uso por empresas não automotivas
  • A mudança visa diversificar o uso dos sistemas de células de combustível como chave para sua estratégia de mobilidade inteligente

Em comunicado divulgado nesta terça-feira (15), a Hyundai anuncia que começou a exportar seu o sistema de célula de combustível de hidrogênio para a Europa. Os primeiros clientes são a GRZ Technologies Ltd., uma empresa suíça especializada em armazenamento de energia na forma de hidrogênio e uma startup de soluções de energia.

Essa nova fase do plano estratégico da Hyundai está alinhada com os objetivos do grupo coreano de se tornar um provedor de soluções para a mobilidade zero emissões com a tecnologia de célula de combustível desempenhando um papel fundamental nessa tarefa.

Galeria: Hyundai XCient Fuel Cell

O desenvolvimento da célula de combustível remonta ao ano 2000, com o primeiro veículo movido por esse tipo de propulsão, o Santa Fe FCEV, seguido pelo primeiro FCEV produzido em massa do mundo, o ix35, em 2013, e o SUV de célula de combustível de segunda geração, o NEXO, em 2018.

hyundai celula de combustível hidrogênio2

Recentemente, a empresa coreana enviou as primeiras 10 unidades do XCIENT Fuel Cell, o primeiro caminhão pesado de célula de combustível produzido em massa do mundo também para a Suíça. 

Desenvolvido em parceria com a GRZ Technologies, a nova tecnologia de armazenamento de hidrogênio é muito mais eficiente: permite armazenar cerca de cinco a dez vezes mais hidrogênio do que antes, com uma pressão inferior a 30 bar, bem abaixo do padrão atual, que é de 200 a 500 bar. Espera-se que essa tecnologia seja amplamente disseminada por meio da cooperação entre as duas empresas no futuro.

hyundai celula de combustível hidrogênio

Usando o sistema de célula de combustível da Hyundai, a empresa coreana planeja produzir um sistema de fornecimento de energia estacionário que pode ser usado para gerar eletricidade para a rede nos horários de pico. Esse sistema de células é baseado no já utilizado pelo utilitário Hyundai NEXO.

"Os sistemas de células de combustível da Hyundai oferecem aplicabilidade e escalabilidade diversificadas, muito além dos veículos com emissões zero", disse Saehoon Kim, vice-presidente sênior e chefe do Centro de células de combustível do Hyundai Motor Group. "Ao alavancar nosso sistema, nossos parceiros em mobilidade, infraestrutura e energia podem aumentar ainda mais o potencial para um ecossistema de hidrogênio abrangente."

Em dezembro de 2018, a Hyundai Motor anunciou seu plano estratégico de longo prazo, ‘Fuel Cell Vision 2030’, e reafirmou seu compromisso de acelerar o desenvolvimento de uma sociedade de hidrogênio, alavancando sua liderança global em tecnologias de células de combustível. Parte desse plano visa garantir uma capacidade de produção de 700.000 unidades por ano de sistemas de células de combustível para automóveis, bem como para setores não automotivos, como navios, trens, drones e geradores de energia até 2030.