Arquitetura batizada de SEA será utilizada pelas marcas Geely, Volvo, Polestar e Lynk & Co.

Proprietária da Volvo, entre várias outras marcas, a Geely Automobile revelou recentemente sua nova plataforma modular elétrica chamada SEA (Sustainable Experience Architecture), que estará presente nos futuros veículos de nove marcas do grupo. A arquitetura irá estrear no Lynk & Co Zero Concept, o primeiro veículo 100% elétrico da marca que terá apresentação na forma de conceito funcional no Salão de Pequim neste fim de semana.

Em uma receita parecida com a do Grupo Volkswagen para a arquitetura modular MEB, a nova plataforma da Geely será usada por pelo menos 16 novos veículos elétricos da empresa e isso inclui as marcas principais Volvo, Polestar e Lynk & Co, além da própria Geely.

Galeria: Lynk & Co Zero Concept

No entanto, de acordo com o presidente da empresa, Li Shufu, a SEA já desperta interesse de outras montadoras na China, Europa e Estados Unidos. 

"Nosso desenvolvimento dessa arquitetura transformadora de veículos elétricos marca o maior salto à frente da Geely em mais de uma década", disse Shufu. "Esta inovação de longo alcance expandirá muito o volume e a escalabilidade de nossos modelos de emissão zero, e pretendemos oferecer os benefícios dessa inovação a outros fabricantes - refletindo os interesses comuns em nossa indústria ao enfrentar os desafios das mudanças climáticas. As arquiteturas de código aberto serão uma marca registrada dos novos serviços de mobilidade, dos quais a Geely Holding tem orgulho de ser a pioneira."

Desenvolvida nos últimos três anos nos centros de pesquisa da Geely na China, Suécia, Reino Unido e Alemanha, a plataforma modular pode servir de base para uma ampla gama que vai de carros compactos de entrada até veículos maiores dos segmentos D e E. Também se aplica a veículos comerciais leves e com diferentes especificações que incluem tração dianteira, traseira e nas quatro rodas.

Fonte: Carscoops