Vendas de eletrificados irá atingir esse patamar 5 anos antes do prazo previsto

O presidente de engenharia e produção da Toyota China, Seiya Nakao, disse no Salão do Automóvel de Pequim que a eletrificação está progredindo mais rápido do que o esperado. No entanto, outro porta-voz da Toyota disse que 2025 não é nem mesmo uma meta formal neste momento.

Vale lembrar que em 2017 a Toyota disse que venderia 5,5 milhões de carros eletrificados por ano até 2030. Então, em 2019, ela disse que iria alcançar esse resultado até 2025 e agora fez um novo anuncio sobre a meta de vendas de veículos desse tipo.  

Galeria: Toyota Corolla Cross Urban Sport e Adventure

Enquanto a Toyota tenta mostrar que está acelerando seus planos para vender veículos elétricos, ela não fez nenhum ajuste no plano em mais de um ano. Na verdade, o plano se aplica a veículos "eletrificados", que são em sua grande maioria, modelos híbridos convencionais comercializados pela marca.

Toyota Prius PHV

A Toyota vendeu cerca de 10 milhões de veículos globalmente em 2019. Sendo cerca de 2 milhões "eletrificados". É bom saber que em cinco anos o número de veículos eletrificados que a montadora planeja vender pode mais que dobrar. No entanto, cerca de 4,5 milhões desses carros serão híbridos, com uma parcela sendo híbrida plug-in. O 1 milhão de veículos restantes podem ser carros totalmente elétricos ou veículos com células de combustível. 

Toyota RAV4 Prime 2021

Com a novata Tesla trabalhando para produzir 500.000 carros elétricos no pior ano que vimos em muito tempo, menos de 1 milhão da Toyota daqui cinco anos não parece ser algo tão animador assim. No entanto, os planos futuros da marca japonesa são ambiciosos e há de se considerar que a empresa é referência em tecnologia de carros híbridos e a hidrogênio e no futuro deve ter capacidade e recursos muito acima de qualquer outra empresa no planeta para realmente se destacar com veículos 100% elétricos

No Brasil, a marca vende os modelos Corolla Hybrid (R$ 140.690), Prius (R$ 164.990) e RAV4 Hybrid (R$ 219.990), todos com propulsão híbrida e que estão no topo da lista entre os eletrificados mais vendidos do país atualmente.