Modelo retrô poderia se encaixar perfeitamente no portfólio da marca e rivalizar com o Fiat 500e

Nos próximos anos, a Volkswagen a irá investir uma fortuna no segmento de veículos elétricos. Espera-se que modelos como o ID.3 ou ID.4 sejam lançados em grandes quantidades no mercado de massa. Mas por melhor que seja um ID.3, seu estilo é comum e não evoca emoções reais. Então, que tal dar uma olhada na origem do VW: o Fusca? Nós imaginamos isso em projeções exclusivas.

A ideia retrô de um novo Fusquinha elétrico, que poderia ser chamado de ID. Beetle, não é totalmente aleatória: a VW, por exemplo, vai transformar o conceito ID. Buzz em um veículo de produção em série. Este utilitário elétrico é para lembrá-lo da famosa (e saudosa) Kombi.

Galeria: Volkswagen ID. Beetle - projeção

O conceito ID. Buggy (galeria abaixo) causou sensação no Salão Automóvel de Genebra na primavera de 2019. O veículo elétrico com pintura verde brilhante era uma reminiscência do Meyer Manx dos anos 1960, que era baseado no Fusca naquela época. Rumores sugeriram uma versão de produção deste interessante elétrico, que que pese o fato da Volkswagen estar modificando ligeiramente a proposta do conceito.

Uma coisa é certa: você pode usar a plataforma MEB para criar designs de carroceria de acordo com sua vontade. Além disso, existem menos limitações técnicas para um carro elétrico do que para veículos com motores de combustão interna. E ainda é possível reviver o Fusca com tração traseira porque o VW ID.3 tem esse layout. 

Em novembro de 2017, o presidente da Volkswagen, Herbert Dies, sugeriu a possibilidade de um renascimento do Fusca elétrico em uma entrevista à revista britânica Autocar. Vale lembrar que a também já solicitou o registro da marca comercial para o e-Beetle na Europa.

Galeria: Volkswagen I.D. Buggy at the Concours d’Elegance

Claro, já houve um retorno para o Beetle. Em 1994, a VW apresentou o estudo Concept 1 com um motor montado na traseira. Para o ano modelo de 1998, o New Beetle entrou no mercado compartilhando uma plataforma de motor dianteiro com o Golf de quarta geração. Um sucessor chegou para o ano modelo de 2012, e o último saiu da linha de montagem em julho de 2019.

Há espaço para um ID. Beetle na linha, especialmente nos Estados Unidos, porque a VW não está vendendo o ID.3 com porte semelhante por lá. Além disso, o veículo de aparência retrô faria um par perfeito com o ID Buzz de produção - a famosa dupla Fusca e Kombi. 

Em termos de design, um ID. Beetle seria semelhante ao ID. Buggy por combinar toques modernos como uma faixa de luzes em LED na dianteira, mas com um formato geral como os modelos clássicos. Se este novo-Beetle manter o comprimento total de 4,1 metros do original, ele seria um pouco menor do que o ID.3, com 4,261 metros.

Acreditamos que a Volkswagen não irá se esquecer de olhar no espelho retrovisor ao acelerar em direção ao futuro. A reflexão sobre sua própria grande tradição poderia converter a nostalgia em um carro elétrico de sucesso, inclusive aqui no Brasil, onde o Fusca está intimamente ligado a história da própria marca. Vamos aguardar. 

Galeria: Volkswagen ID. Buzz - Salão de Frankfurt