Modelo criado acusado de ter cópias do Tesla Model da chinesa Xpeng bate recorde de produção

A gigante chinesa Xpeng anunciou que atingiu o marco de 10 mil unidades produzidas do seu sedã elétrico P7. O sedã de luxo totalmente elétrico é produzido nas instalações da própria empresa em Zhaoqing, província de Guangdong, na China.

O sedã elétrico P7 foi lançado no mercado chinês no final de junho. Para se ter uma ideia do quão receptivo foi, no final de setembro já acumulava 6.535 unidades vendidas, número que o posicionou com o 10º melhor resultado entre os veículos 100% elétricos da China.

No total, o modelo precisou de menos de 160 dias atingir oficialmente o carro de número 10.000, novo recorde para um modelo totalmente novo lançado na China entre as marcas estreantes.  

Xpeng P7 - 10.000

Com sua bateria de 81 kWh, 706 km de autonomia no padrão NEDC na versão com tração traseira, muita tecnologia e desempenho decentes, é um dos melhores modelos atualmente disponíveis na China.

Uma das principais vantagens do P7 é a sua eficiência, obtida através do uso do módulo Infineon 950 IGBT dentro da unidade de acionamento (a eficiência máxima do motor é 97,5%) e um baixo coeficiente aerodinâmico de apenas 0,236 cx.

"O P7 smart EV sedan foi projetado e construído com quatro objetivos: autonomia ampliada e inteligente, carregamento mais rápido, desempenho mais rápido e dirigibilidade apurada com suavidade. Ele oferece uma combinação incomparável de elegância, estilo e conforto com direção autônoma de ponta, interação por voz e tecnologia de powertrain, para oferecer uma experiência de direção incomparável. O chassi do P7 foi desenvolvido em conjunto com uma marca de engenharia alemã de estilo esportivo de luxo. "

O preço do P7 na China (pós-subsídio) é de 229.900 yuans (US$ 34.418) a 349.900 yuans (US$ 52.383).

Xpeng P7
Xpeng P7

A fábrica de Xpeng foi construída ao longo de um período de 15 meses, o que é próximo ao que a Tesla fez com sua fábrica Giga Xangai, embora tenha muito mais experiência e provavelmente também recursos/capital disponíveis.

"A fábrica recebeu a licença oficial de produção do Ministério da Indústria e Tecnologia da Informação da China em 19 de maio deste ano e concluiu a produção de 10.000 unidades do P7s em 160 dias, um recorde entre os novos fabricantes de elétricos na China."