Munique, Dingolfing e Regensburg se juntarão a Leipzig na produção de carros totalmente elétricos

Além da plataforma elétrica e novos investimentos para produzir baterias e adicionar diversos modelos 100% elétricos ao portfólio, a BMW pretende, com o avanço da eletrificação, produzir carros totalmente elétricos em todas as suas quatro fábricas automotivas na Alemanha até 2022.

Atualmente, o único complexo a produzir carros elétricos a bateria na Alemanha é a unidade de Leipzig, onde a empresa fabrica o BMW i3:

  • Leipzig: BMW i3 desde 2013 (mais de 200.000 até agora), módulos de bateria e baterias de alta tensão a serem produzidos a partir de 2021
    Munique: BMW i4 de 2021 e também há a planta piloto para trens-de-força elétricos e o Battery Cell Competence Center
  • Dingolfing: BMW iNEXT de 2021, módulos de bateria, baterias de alta tensão e unidades de acionamento elétrico desde 2013; a partir de 2022, capacidade de fabricação de motores elétricos para até 500.000 veículos eletrificados anualmente
    motores elétricos são produzidos em Landshut, Alemanha. No futuro, haverá sete fábricas (4 na Alemanha) para produzir sistemas de propulsão elétrica.
  • Regensburg: a partir de 2022 (modelo não divulgado); a partir de 2021 produzirá módulos de bateria e a partir de 2022 módulos de baterias de alta tensão: "O processo de produção de baterias de alta tensão consiste em duas etapas principais e os módulos de bateria são produzidos em um processo altamente automatizado. As células de íon-lítio passam por um processo de limpeza de plasma. Equipamentos especialmente desenvolvidos revestem as células para garantir o isolamento ideal. As células da bateria são então montadas em unidades maiores, conhecidas como módulos de bateria."
    Pacotes: "Os módulos de bateria são então montados em uma caixa de alumínio junto com os conectores do veículo, unidades de controle e unidades de resfriamento. O tamanho e a forma da caixa de alumínio, bem como o número de módulos de bateria usados ​​variam dependendo da variante do veículo. O resultado é uma bateria de alta voltagem adaptada de forma ideal para o veículo."
    "A empresa está investindo mais de 150 milhões de euros no site para abastecer o número crescente de veículos elétricos do BMW Group com baterias de alta tensão."

Galeria: BMW i3 - produção em Leipzig

A empresa diz que tal movimento permitirá salvaguardar a utilização da capacidade a longo prazo e, portanto, também o alto nível de emprego em suas fábricas na Alemanha.

"Ao mesmo tempo, a empresa está trabalhando em melhorias de eficiência estrutural e uma produção ainda mais otimizada - e, portanto, planeja economizar milhões de dólares até o meio da década."

O BMW Group planeja produzir mais de 7 milhões de carros eletrificados (elétricos e híbridos plug-in) nos próximos 10 anos (até 2030). Dois terços serão carros elétricos a bateria. Até agora, a empresa vendeu mais de 600.000 EVs / PHEVs.

A linha de carros elétricos da BMW deve consistir em cinco modelos até o final de 2021:

  • BMW i3
  • MINI Cooper SE
  • BMW iX3 - em produção na China,chegará aos showrooms na Europa em breve
  • BMW i4 - com uma autonomia de até 600 km 
  • BMW iNEXT - espera-se que o carro: "surpreenda e encante muitas pessoas: a sensação de direção é única para um e-drive; ele estabelece um referencial totalmente novo para digitalização e conectividade; seu sistema operacional é revolucionário; o interior é minimalista e absolutamente focado no usuário; e o exterior é progressivo. Você ouvirá mais sobre isso quando nosso NEXTGen começar na próxima semana"

No cronograma também estão o BMW Série 7 totalmente elétrico, o BMW Série 5 e o BMW X1. Todos os três estarão disponíveis em variantes a combustão, híbrida plug-in e 100% elétrica. Em 2023, haverá 25 modelos eletrificados: 13 totalmente elétricos e 12 híbridos plug-in.

Galeria: BMW iX3 - início de produção em série