É a primeira vez que a tecnologia ótica é utilizada em carros de produção em série

Durante o Salão Automóvel de Guangzhou, a Xpeng Motors, anunciou que sua arquitetura de condução autônoma de próxima geração incluirá a tecnologia LiDAR. A empresa também apresentou uma versão de edição limitada do sedã esportivo P7 com portas borboleta, semelhante ao BMW i8 híbrido plug-in. Esta edição limitada estará disponível apenas para o mercado chinês.

A Xpeng anunciou que atualizou significativamente seu software de condução autônoma e sistemas de hardware para os modelos de produção de 2021, tornando a Xpeng a primeira fabricante de automóveis do mundo a integrar a tecnologia Lidar em seus veículos elétricos de produção. 

Galeria: Xpeng P7

A empresa diz que os sistemas Lidar irão melhorar sua arquitetura de condução autônoma de próxima geração, especificamente aprimorando o desempenho de reconhecimento de objetos de alta precisão do veículo. 

"A introdução da tecnologia Lidar em veículos de produção é um avanço na popularização da direção autônoma e um endosso de nosso processo interno de P&D. Nossos clientes se beneficiarão desta tecnologia avançada premium, que torna a direção autônoma mais amigável, segura e eficaz", disse He Xiaopeng, Presidente e CEO da Xpeng.

A nova arquitetura de hardware é uma combinação de câmeras de alta definição (HD), radares de ondas milimétricas, sensores ultrassônicos, Lidar, sistemas de posicionamento e mapeamento de alta precisão, todos alimentados por uma plataforma de computação de alto desempenho.

Os novos sistemas ASAD da Xpeng serão equipados com um total de 32 sensores. Xpeng afirma que o sistema fornece a redundância de hardware mais forte disponível hoje, evitando efetivamente a falha do sistema único para fornecer proteção de segurança aprimorada. Ele também cobrirá mais cenários de uso, permitindo que os veículos Xpeng executem funções de Piloto de navegação guiada (NGP) em baixa velocidade para dirigir na cidade.

Esta arquitetura de condução autônoma de próxima geração oferecerá grandes melhorias, incluindo: 

Unidade integrada de controle aprimorada 

A unidade de controle inteligente de direção autônoma XPU integra o controle do veículo e as funções de estacionamento, tornando a tomada de decisões e a execução mais eficientes. Ao mesmo tempo, ao simplificar o número de controladores e chicotes elétricos, o peso do sistema é reduzido. 

Posicionamento de alta precisão aprimorado

O terminal cinemático em tempo real (RTK) foi atualizado de 4G para 5G, suportando posicionamento preciso com mapas de alta precisão para estradas de alta velocidade, bem como estradas urbanas. Um novo esquema de posicionamento (IMU + GNSS + RTK (5G) com mapas de alta precisão para rodovias e vias urbanas é adotado para atingir a precisão de nível centimétrico. Com posicionamento preciso, latência reduzida para milissegundos e uma taxa de cobertura do cenário de condução de mais de 97,5%, o esquema fornece alta robustez, cobrindo uma ampla variedade de cenários de terreno, arranha-céus e oclusão de estacionamento subterrâneo.

Percepção aprimorada 

A adoção da tecnologia Lidar irá melhorar significativamente a precisão da identificação da posição horizontal e vertical e resolução espacial (resolução superelevada <0,1 °), enquanto oferece uma capacidade de percepção que não é afetada pela luz ambiente. Através da fusão de visão + radar de ondas milimétricas + sensor ultrassônico + Lidar, o desempenho do sistema na detecção de alvos e resolução de medição é significativamente melhorado mesmo em cenários sem iluminação suficiente, proporcionando um desempenho de percepção quase perfeito.

Galeria: Xpeng Motors - fábrica na China

Poder de processamento ampliado

A plataforma de computação de alto desempenho também será significativamente atualizada de 30 TOPS (operações tera por segundo) para mais de 200 TOPS no futuro, proporcionando um aumento quase dez vezes maior no poder de computação de dez trilhões de vezes por segundo a várias centenas de trilhões de vezes por segundo. O sistema foi projetado com a capacidade de aumentar ainda mais o poder de computação, apoiando a implementação de funções de direção autônoma de nível ainda mais alto.

Recentemente, tivemos a honra de ser o primeiro veículo de notícias na América do Norte a dirigir o Xpeng P7 nos Estados Unidos. Ficamos impressionados com o desempenho e o benefício que o sedã esportivo de longo alcance tem a oferecer. 

A Xpeng diz ainda que esta arquitetura de condução autônoma de próxima geração alcançará um nível avançado de direção autônoma guiada por navegação, com uma ampla cobertura de diferentes condições da estrada, baixas taxas de interferência manual e tempos de condução autônoma contínua mais longos. O novo sistema também cobre várias condições e situações climáticas para a condução em cidade e rodovias, incluindo congestionamento urbano, vias expressas, estacionamentos subterrâneos, pedágios, túneis e condições de condução noturna.

Acreditamos que seja um passo significativo para a Xpeng, bem como para a tecnologia autônoma. Embora nem todos estejam convencidos de que o sistema Lidar seja necessário para carros totalmente autônomos, outros acreditam que é o caminho mais seguro e só o tempo dirá qual abordagem é a melhor. 

A Tesla, por exemplo, não acredita que a tecnologia Lidar seja necessária para uma condução autônoma, enquanto empresas como Lucid Motors e Xpeng apostam nele. Gostaríamos de saber o que você pensa - deixe seu comentário logo abaixo: