A fortuna do CEO da Tesla ultrapassou os US$ 128 bilhões

No leilão de ontem, as ações da Tesla quebraram outro recorde histórico, subindo 6,58%, para US$ 521,85 por ação. Graças a isso, o principal acionista e CEO da empresa, Elon Musk, passou do terceiro para o segundo lugar no ranking das pessoas mais ricas do mundo, calculado pela agência Bloomberg.

Musk não está muito à frente do fundador e principal acionista da Microsoft, Bill Gates, que agora é apenas o terceiro mais rico. O primeiro lugar com ampla margem e uma fortuna de nada menos que US$ 182 bilhões está nas mãos do habitante mais rico do planeta, o fundador da Amazon, Jeff Bezos.

Galeria: Tesla Model 3

É importante esclarecer que não se trata de dinheiro real, mas sim do valor de mercado dos ativos pertencentes a Musk, dos quais a Tesla é apenas o mais valioso. Se Musk, por algum motivo, decidir vender todas as suas ações em um curto espaço de tempo, isso levará inevitavelmente a uma queda acentuada em seu valor, então ele definitivamente não receberá seus US$ 128 bilhões em títulos.

Lembre-se de que, desde meados do ano, a Tesla é a montadora de automóveis mais valiosa do mundo. No momento, sua capitalização é de US$ 494,66 bilhões. O segundo lugar é ocupado pela Toyota, cujo valor de mercado é quase 2,5 vezes menor.

Galeria: Tesla Cybertruck