Marca sueca tem como meta se tornar uma montadora exclusivamente de veículos zero emissão em 10 anos

A Volvo tem um compromisso firme com a eletrificação. Até o momento sabíamos que a marca pretende que em 2025 metade de suas vendas seja de carros elétricos e a outra metade de híbridos/híbridos plug-in. No entanto, Hakan Samuelsson, CEO da Volvo, foi além e disse acreditar que a montadora será uma marca exclusivamente de carros elétricos em 10 anos.

Durante a conferência digital Financial Times Future of the Car Summit, o executivo afirmou:

"Eu ficaria surpreso se não entregássemos somente carros elétricos a partir de 2030"

Trata-se de uma declaração de peso, ainda que não seja um compromisso formal da montadora sueca. Ele deixa claro as intenções em termos de eletrificação rumo a mobilidade zero emissões que a marca pretende atingir. É uma meta ambiciosa, mas não impossível. 

Galeria: Volvo XC40 elétrico - produção

Atualmente a marca já tem praticamente todo o portfólio com versões eletrificadas, globalmente falando. No caso do Brasil, todos os modelos à venda já possuem variantes híbridas/híbridas plug-in. 

No mês passado, a Volvo começou a produzir o Volvo XC40 Recharge Electric, seu primeiro veículo 100% elétrico, na Bélgica. Sucesso de público já na estreia, o SUV compacto zero emissão já está com toda a sua produção até o final deste ano vendida - o lançamento no Brasil está programado para meados de 2021. 

Em 2019, a Volvo alcançou a marca recorde de 705.442 carros vendidos globalmente, sendo 45.933 unidades de híbridos plug-in, ou seja, menos de 7% - um número que está crescendo de forma acelerada. A partir do ano que vem, com o primeiro veículo 100% elétrico no portfólio teremos uma visão mais clara das possibilidades para os planos de se tornar uma marca 100% elétrica.

Nesse objetivo, a China é peça-chave com seu grande mercado de veículos zero emissões e também a Europa, que irá endurecer as normas de emissões de forma acentuada a partir deste ano. Também vale destacar a proibição das vendas de carros a combustão no Reino Unido a partir de 2030.  

Galeria: Teste: Volvo XC40 T5 Hybrid R-Design