De olho em atender a uma demanda cada vez maior por componentes para veículos elétricos, a LG Electronics e a Magna International anunciaram a criação de uma joint venture, provisoriamente chamada LG Magna e-Powertrain, para produzir motores elétricosinversorescarregadores de bordo e "sistemas relacionados ao trem de força elétrico" de algumas montadoras.

A ideia desta parceria é combinar a força da Magna em sistemas de transmissão elétrica e fabricação automotiva com a experiência da LG Eletronics no desenvolvimento de componentes para motores elétricos e inversores.

LG Chem bateria
Bateria da LG Chem

De acordo com a Bloomberg, a LG Electronics irá dividir alguns de seus negócios de componentes para carros elétricos em uma nova joint venture, na qual a Magna comprará uma participação de 49% por 501,6 bilhões de wons (US$ 453 milhões). Os 51% restantes pertencerão à LG Electronics.

O negócio de cerca de US$ 1 bilhão deve ser formalizado em julho de 2021, embora tudo dependa da obtenção da aprovação dos acionistas da LG e de todas as aprovações regulatórias necessárias. A LG Magna e-Powertrain deve adicionar mais de 1.000 funcionários localizados nas unidades da LG nos Estados Unidos, Coreia do Sul e China.

LG Chem - células de bateria

É difícil julgar o que tudo isso significará para o mercado de veículos elétricos, mas com certeza, a joint venture deve ser considerada como um grande concorrente para projetos de eletrificação abrangentes. Vamos relembrar que a LG é fornecedora de componentes essenciais para vários EVs, enquanto a Magna não apenas fornece componentes, mas é um fabricante contratado de carros (incluindo veículos elétricos à bateria como Jaguar I-PACE e modelos híbridos plug-in).

"A JV permite que as duas empresas continuem a aumentar suas ofertas de produtos de trem de força, aproveitando as tecnologias existentes, recursos de engenharia e pegadas globais. O mercado de motores eletrônicos, inversores e sistemas de acionamento elétrico deve ter um crescimento significativo até 2030, e a JV terá como alvo este mercado global de rápido crescimento com um portfólio de classe mundial.

A LG tem experiência comprovada no desenvolvimento de componentes de veículos elétricos, principalmente para o Chevrolet Bolt EV e Jaguar I-PACE. A LG ajudará a acelerar o tempo de lançamento da Magna no mercado e a escala de fabricação de componentes de eletrificação, enquanto a integração de software e sistemas são competências que a Magna traz para este empreendimento. Esta JV permitirá aos clientes selecionar a partir de um portfólio de componentes confiáveis ​​até a integração de um trem de força eletrificado inteiro."

O Dr. Kim Jin-yong, Presidente da LG Electronics Vehicle Component Solutions Company, disse:

"Os fabricantes precisam ser disruptivos para manter posições de liderança em eletrificação e, por meio deste acordo, a LG está entrando em uma nova fase em seus negócios de componentes automotivos, uma oportunidade de crescimento com enorme potencial. Acreditamos que a combinação de nossas proezas internas e a experiência e extensa história da Magna transformarão o espaço do trem de força EV mais rápido do que se continuarmos sozinhos."