O pequeno C+Pod foi lançado no Japão com proposta urbana e autonomia para 150 quilômetros

Revelado no Salão de Tóquio em 2019 na forma de um conceito funcional, o mini carro elétrico da Toyota agora se torna realidade. O ultracompacto de baixo custo foi lançado de forma oficial no Japão com o nome C+Pod, um modelo de dois lugares que terá como foco clientes corporativos e funcionários do governo.

Na realidade, trata-se de um veículo de dimensões bem reduzidas, com 2.490 mm de comprimento, 1.550 mm de altura e apenas 1.290 mm de largura. Ao mesmo tempo, a largura da cabine é de apenas 1.100 mm, ou seja, será um tanto constrangedor para pessoas de maior estatura.

Galeria: Toyota C+pod EV

O trem de força deste pequeno carro é composto por um motor elétrico com apenas 12,5 cv de potência e 5,7 kgfm de torque máximo. Devido à sua proposta totalmente urbana, não é nenhuma surpresa que a velocidade máxima seja de apenas 60 quilômetros por hora. 

Assista ao vídeo do Motor1 com o conceito no Salão de Tóquio em 2019.

A bateria tem capacidade de 9 kWh, um número equivalente ao de algumas motos elétricas. Em termos de recarga, a Toyota informa que são necessárias 5 horas em uma tomada de 200V 16A ou 16 horas em uma tomada 100V 6A para uma carga completa.

Apesar da capacidade reduzida da bateria, o fabricante garante uma autonomia de 150 quilômetros. Para efeito de comparação, um Smart elétrico de dois lugares com uma bateria de 16,5 kWh pode percorrer 158 quilômetros, e de acordo com a agência norte-americana EPA, apenas 101 quilômetros.

Toyota C+Pod EV - interior

O modelo está disponível em duas versões, X e G, onde a primeira tem preço de 1,65 milhões de ienes e a última de 1,71 milhões de ienes (R$ 83.200 e R$ 86.190, respectivamente). A versão de entrada pesa 670 kg, enquanto o modelo topo de linha G é 20 kg mais pesado.