Marca também se prepara para começar o desenvolvimento do carro elétrico de US$ 25.000

A nova fábrica chinesa onde a Tesla produzirá 10.000 carregadores rápidos Supercharger V3 por ano já está encaminhada. Agora, nessa frente, sabemos também que a unidade entrará em operação no primeiro trimestre deste ano. Mas a montadora de Elon Musk tem mais novidades.

Na verdade, na própria Gigafactory Xangai, Elon Musk decidiu dar vida a um novo centro de design dedicado aos carros concebidos e produzidos localmente. Isso foi revelado pela agência de notícias chinesa Xinhua, que está convencida de que com essa mudança a Tesla está definitivamente se preparando para iniciar o projeto do carro compacto de US$ 25.000 (R$ 128.000), do qual tanto se falou.

O "compacto" dentro de 3 anos

O carro em questão, do qual já foram lançadas algumas renderizações, deve começar a ser desenvolvido em breve e poderá chegar ao mercado em cerca de 3 anos.

Imagens de progresso do Tesla Gigafactory 3

Talvez antes, dado que Musk, movido pelos excelentes resultados que o Model Y está obtendo no mercado asiático, poderia decidir reduzir os prazos do cronograma. Mesmo no SUV compacto, na verdade, a Tesla forçou o ritmo ao antecipar a produção e o marketing.

Um potencial muito alto

A China, primeiro país do mundo na venda de carros elétricos, é povoada por modelos muito baratos, alguns com preço abaixo de 5.000 euros (R$ 31.600). Um Tesla com quase metade do custo de um Model 3 poderia aumentar enormemente a penetração da marca naquele mercado e, conseqüentemente, em muitos outros, inclusive na Europa.

A esse respeito, resta saber se aquele Tesla de "baixo custo" também estará à Europa ou se, como parecia entender no passado, chegará outro, com uma abordagem semelhante, mas projetado e produzido diretamente em Berlim, de onde inicialmente o Model 3 e o Model Y serão lançados.

 

Recordes de vendas

Com esses novos modelos no mercado e também calculando a tendência geral do mercado de carros com emissão zero, a Tesla não terá dificuldades para estabelecer novos recordes de volume de vendas. Falando disso, fazendo um balanço de 2020, o fabricante de Palo Alto perdeu por pouco a meta histórica de entregar 500.000 carros em um ano. Apesar dos imensos esforços, Elon Musk não conseguiu sobreviver a um punhado de carros, apesar de registrar um resultado histórico.

Carro Produção 2020 Entregas 2020
Model S / X 54.805 57.039
Model 3 / Y 454.932 442.511
Total 509.737 499.550

Em 2020, a Tesla vendeu globalmente 499.550 unidades: apenas 450 abaixo da meta estabelecida. Considerando que a estimativa de meio milhão de carros foi feita no início do ano e que não foi revista para baixo nem mesmo em face da pandemia, é obviamente um caso de sucesso.

As estimativas de Wall Street são ligeiramente mais baixas e falam de 481.261 carros entregues, mas a importância do resultado não muda. E Elon Musk agradeceu publicamente a seus funcionários com um tweet celebrando seu compromisso e esforços.

Galeria: Tesla Gigafactory 3