Marca premium pode antecipar movimento do Grupo Volkswagen e encerrar os carros a combustão em até 15 anos

Embora a Audi ainda acredite nos carros com motores a combustão no curto prazo, a marca premium tem ciência que a transição para a mobilidade elétrica é irreversível. E de acordo com o site WirtschaftsWoche, a empresa pretende eliminar os carros a gasolina e a diesel do portfólio em no máximo em 15 anos. 

O CEO da empresa, Markus Duesmann, disse à publicação alemã que a marca premium do Grupo Volkswagen se concentraria mais na sustentabilidade no futuro. Isso pode levar a empresa a se tornar totalmente elétrica em 20 anos. O executivo disse em uma entrevista que "a proteção do meio ambiente e o sucesso econômico andam bem juntos".

Galeria: Audi Aicon Concept

Sem citar fontes, a publicação diz que a Audi está desenvolvendo um cronograma de transição gradual dos motores a combustão para a mobilidade elétrica que será divulgado nos próximos meses e trará datas definidas para que isso ocorra. Com isto, teremos uma visão melhor do plano estratégico de longo prazo da empresa alemã. 

Realizar essa mudança em um período de 10 a 15 anos, no entanto, é apenas uma estimativa por enquanto. Apesar do ritmo acelerado do Grupo Volkswagen e da variedade de lançamentos de carros elétricos nos próximos anos (ao todo serão mais de 70 modelos até 2027), duas décadas de planejamento estratégico é algo bastante complicado. 

Audi Aicon Concept - Frankfurt - 2
Audi Aicon Concept - Salão de Frankfurt

Atualmente, a Audi já possui 17 modelos eletrificados, sendo 5 puramente elétricos e 12 híbridos plug-in. Um número que deve crescer rapidamente, com o plano da marca premium em oferecer 30 modelos 'plug-in', sendo 20 totalmente elétricos. A estimativa é que esse segmento passe dos atuais 3,5% de participação para 40% até meados da década. 

Enquanto se prepara para lançar o e-tron GT e sua variante de alto desempenho GT RS neste ano, a Audi também trabalha em novidades ainda mais quentes para os próximos anos, como o carro elétrico de vanguarda que está sendo desenvolvido sob o projeto 'Landjet' e está previsto para estrear em 2024.

Fonte: WirtschaftsWoche  via Reuters 

Galeria: Audi AI:ME Concept