Com esta nova aquisição, a frota zero emissões da empresa supera os 25 veículos elétricos

Assim como outras grandes empresas do segmento, a DHL também iniciou seu programa de eletrificação da frota. Uma das líderes globais em logística adquiriu recentemente mais cinco veículos zero emissões Renault Kangoo Z.E.., ampliando sua frota no Brasil para 25 veículos totalmente elétricos. 

Com mais esta negociação, a Renault chega ao patamar de mais de 350 veículos comerciais com propulsão 100% elétrica circulando nas ruas brasileiras. Enquanto isso, a DHL Supply Chain planeja triplicar sua frota totalmente elétrica nos próximos anos.

A iniciativa faz parte das práticas sustentáveis da DHL Supply Chain (denominadas Go Green) que têm o objetivo de reduzir os impactos ambientais nas operações logísticas. Até 2050, o Grupo Deutsche Post DHL tem a meta de zerar suas emissões de CO2, sendo que até 2025 a empresa planeja realizar um grande número de suas coletas e entregas por bicicletas e veículos elétricos.

DHL veiculos eletricos Brasil (2)

No Brasil, a frota elétrica se integra às soluções sustentáveis de transportes oferecidas pela DHL Supply Chain, o que também inclui o uso de bicicletas tradicionais e elétricas para distribuição em centros urbanos. A companhia possui ainda um Centro de Distribuição Sustentável que possui uma usina solar no teto e gera 80% da energia elétrica consumida.

“O Kangoo Z.E é uma ótima solução de transporte nos grandes centros urbanos com zero emissão de poluentes no uso” destaca Ricardo Gondo, presidente da Renault do Brasil.

O Kangoo Z.E. está equipado com um motor elétrico de 44kW (60 cv), possui autonomia de 200 quilômetros e capacidade de carga de 670 quilos. Para recarga, a DHL dispõe de pontos especiais em Louveira (município localizado entre Campinas e São Paulo) e em Duque de Caxias (região metropolitana do Rio de Janeiro).

Os veículos são destinados a entregas urbanas, de pequenos volumes e baixa concentração, sendo utilizados especialmente em caixaria com destino a shoppings, lojas de rua e farmácias.