Montadora informa o que o seu veículo elétrico é mais caro e demora mais tempo para ser entregue

Mesmo em mercados onde os carros elétricos já são mais populares, a compra de um modelo zero emissões nem sempre é uma tarefa fácil. São problemas que envolvem desde prazos de entrega, falta de interesse das concessionárias, indisponibilidade de carros para test-drive e baixo nível de preparo dos vendedores, entre outros empecilhos. 

Mas de acordo com o relato do site Teslarati, uma situação bem esquisita no configurador online da Mercedes-Benz foge à todas essas questões e mostra uma atitude um tanto inusitada da marca alemã, que mesmo com muitas pessoas interessadas no seu novo Mercedes EQA, decidiu dar um "incentivo" para que os compradores impacientes reconsiderem a compra e optem por um carro a gasolina. 

Galeria: Mercedes-Benz EQA 2021

É isso mesmo. Quem for configurar o novo EQA no site da Mercedes verá uma mensagem no topo da tabela informando que o veículo é "personalizado e pode levar até 12 semanas para ser produzido". Em seguida, verá outras opções de modelos com motores a gasolina que estão disponíveis e além disso são mais baratos. A tabela também mostra o percentual de quanto o veículo a combustão custa em relação ao elétrico. 

 

Tudo isso pode parecer muito esquisito, mas ao menos a Mercedes está sendo honesta em informar o prazo real de entrega de seus carros elétricos e o quanto o cliente paga a mais por eles na comparação com os veículos tradicionais. No entanto, a forma como isso está sendo feito pode ter efeitos inesperados, inclusive com o risco de fuga de clientes para outras marcas. 

A Mercedes tem ciência que a compra de um carro elétrico não é uma escolha simples, mas ainda assim a marca poderia sugerir a compra de outros modelos elétricos no seu portfólio como o Mercedes EQC, por exemplo. 

Fonte: Teslarati