A startup apoiada pela Amazon e pela Ford está aparentemente explorando locais na Alemanha, Hungria e Reino Unido

Mesmo que ainda não tenha começado as entregas de seus dois primeiros modelos, a Rivian já está planejando expandir suas operações para a Europa. De acordo com a Bloomberg, a startup de veículos elétricos está supostamente procurando um local para erguer uma fábrica para construir primeiro a van de entregas totalmente elétrica para a Amazon e, posteriormente, veículos de passageiros. 

A fonte citada na matéria diz que a Rivian está de olho em locais na Hungria, Alemanha ou Reino Unido, mas, no momento, isso é tudo o que sabemos. No entanto, em relação aos veículos de passageiros que a empresa poderia eventualmente construir na Europa, há mais algumas informações.

Galeria: Rivian R1T na Overland Expo West

Uma matéria mais antiga publicada pela Reuters em novembro do ano passado citou o interesse da Rivian em criar veículos elétricos menores que fossem mais adequados para os mercados europeu e chinês. A startup ainda quer vender o R1T e o R1S na Europa, mas sabe que para ter sucesso no Velho Continente precisa de um volume maior de vendas e para viabilizar isso é necessário que os modelos sejam feitos sob medida para os mercados onde são vendidos.

Sobre isso, o CEO da Rivian, RJ Scaringe disse à Reuters que

O que realmente impulsionará o volume nesses mercados são os produtos subsequentes. Para realmente escalar nesses mercados à medida que trazemos produtos subsequentes, ter uma pegada de produção fora dos EUA será importante. Não levaríamos a sério a construção de uma montadora se não pensássemos na China e na Europa como mercados importantes a longo prazo.

Este último boato apenas confirma o plano previamente declarado de Scaringe de não apenas ter veículos projetados para mercados específicos, mas também produzi-los mais perto de onde serão vendidos. Ele disse que tudo isso ainda está longe, mas ficaremos atentos a quaisquer rumores adicionais sobre a possível expansão da Rivian no exterior.