Versão elétrica do tradicional sedã da marca será construída na nova plataforma MMA

O novo Mercedes-Benz Classe C estreou há alguns dias. A marca da estrela de três pontas apresentou as primeiras versões que serão lançadas em breve, enquanto outras já estão prontas e serão reveladas em futuro próximo. Todos os Classe C serão eletrificados, incluindo uma versão híbrida plug-in com 100 km de autonomia no modo elétrico.  

Markus Schafer, COO da Mercedes-Benz disse aos nossos colegas da Autocar que o novo Classe C realmente existirá como um veículo 100% elétrico. Dito isso, ele não chegará ao mercado até 2024. O derivado elétrico do Mercedes Classe C será baseado em uma plataforma totalmente nova chamada MMA (Mercedes-Benz Modular Architecture). 

Este veículo [nota do editor: o elétrico Classe C] atende à demanda atual que acreditamos ser alta em todo o mundo. Ao mesmo tempo, oferecemos uma série de veículos elétricos com a linha EQA, EQB e EQC e, nos próximos meses, EQS e EQE, portanto, há uma grande variedade de veículos. 

Antes de comercializar o Classe C elétrico, o fabricante da estrela de três pontas terá que comercializar primeiro o Mercedes-Benz EQS - o equivalente elétrico do luxuoso Classe S. Haverá também o EQE, então, um pouco mais tarde, o SUV EQS e o SUV EQE. 

Por enquanto, o Classe C totalmente elétrico ainda não tem nome. Se seguirmos a lógica do fabricante alemão, o EQC seria o mais relevante, mas já está reservado para o EQC SUV que testamos há vários meses. 

O Mercedes Classe C elétrico provavelmente não se parecerá com o Classe C atual com motores a combustão. Ele também adotará a nomenclatura de veículos elétricos da fabricante alemã e a sua assinatura visual, com a típica grande frontal mais ampla. 

Siga o InsideEVs Brasil no Twitter

Siga o InsideEVs Brasil no Facebook

Siga o InsideEVs Brasil no Instagram