Versão desenvolvida pela divisão PSE chegará em 2023 com o modelo reestilizado

Após descontinuar a sigla GTi e iniciar uma nova fase com a criação da sigla PSE (Peugeot Sport Engineered), linha de modelos esportivos com propulsão eletrificada, a Peugeot se prepara para lançar o compacto e-208 PSE como o segundo modelo da divisão esportiva (o primeiro foi o 508 PSE híbrido plug-in).

De acordo com a matéria publicada pelo site francês L'Argus, o primeiro carro 100% elétrico da PSE chegará ao mercado em 2023 junto com a versão reestilizada do Peugeot 208 elétrico. Na prática, será um rival direto para o futuro carro elétrico compacto da Alpíne (baseado no também novo Renault 5 elétrico). 

Galeria: Novo Peugeot 208 2021 (BR)

Com visual externo atualizado, nova versão do painel i-cockpit e acréscimo de uma versão híbrida leve, o Peugeot 208 reestilizado terá ainda sua versão zero emissão como o primeiro carro esportivo elétrico da história desenvolvido pelos engenheiros da Peugeot Sport. Seu chefe, François Wales, afirmou no início de 2020 que o modelo seria mais eficiente do que o Peugeot 208 GTi da Peugeot Sport. 

Por questões relacionadas ao custo de produção, este novo Peugeot 208 PSE deve manter o mesmo propulsor do e-208 regular, ou seja, o motor elétrico de 136 cv e 26,5 kgfm de torque que terá incremento de potência, podendo chegar em algo próximo aos 200 cv do GTi. 

Tecnicamente, o desafio será acomodar um pack de baterias ainda maior. De acordo com o que foi apurado pelo site francês, a solução será utilizar uma parte do porta-malas para essa finalidade. Outro reforço será uma evolução na composição química das células da CATL para aumentar sua capacidade além dos 50 kWh, o que deve garantir autonomia de até 400 km com uma carga. 

Siga o InsideEVs Brasil no Twitter

Siga o InsideEVs Brasil no Facebook

Siga o InsideEVs Brasil no Instagram

Fonte: L'Argus

Galeria: Peugeot 508 PSE (2020)