Kei car será baseado no conceito IMk e destinado ao mercado japonês

A última vez que se falou sobre o Nissan IMk, foi em outubro de 2019. O pequeno carro elétrico parecia ser apenas um conceito até que o site Nikkei Asia descobriu que tanto a Nissan quanto a Mitsubishi apresentariam seus kei cars baseados nele. Com incentivos do governo, eles custariam cerca de 2 milhões de ienes, o equivalente a R$ 102.100 em uma conversão direta.   

Pode parecer um preço alto para um veículo tão pequeno, mas o fato é que ele é semelhante à maioria dos kei cars com motor de combustão existentes. Em outras palavras, o preço não será uma barreira para quem deseja fazer a transição para a mobilidade elétrica.

Galeria: 2019 Nissan IMk concept

Os kei cars foram criados em 1949. O regulamento mais recente para eles estabelece que não devem exceder 3,40 metros de comprimento, 1,48 metro de largura, 2 metros de altura e uma potência máxima de 47 kW (63 HP). Os motores de combustão não podem ser maiores que 660 centímetros cúbicos.

O que torna esses carros extremamente populares no Japão são os incentivos fiscais relacionados ao estacionamento, reabastecimento e compras. Curiosamente, o primeiro carro kei elétrico a ser vendido foi o da Mitsubishi. Você o conhece como i-MiEV e ele custava o equivalente a US$ 27.000 (R$ 150.200). Isso também mostra o quão competitivo o novo kei car elétrico baseado no IMk promete ser.

2019 Nissan IMk concept

O conceito IMk tinha 3,43 metros de comprimento, 1,51 metro de largura e 1,64 metro  de altura. Ele introduziria uma plataforma elétrica totalmente nova, mas a Nissan não revelou se ela era modular ou qualquer outra de suas propriedades. A empresa também não mencionou qual será a autonomia do carrinho elétrico.

Independentemente do tamanho da bateria, não seria estranho se esses futuros carros da Nissan e Mitsubishi viessem com capacidade V2G (enviar energia à rede) - algo importante em um país que é tão freqüentemente afetado por terremotos - e carregamento CCS. Depois que o Ariya abandonou o CHAdeMO, não esperamos ver esse padrão de carregamento em nenhum outro produto Nissan ou Mitsubishi.

Siga o InsideEVs Brasil no Twitter

Siga o InsideEVs Brasil no Facebook

Siga o InsideEVs Brasil no Instagram