Sedã de luxo estreia no dia 15 de abril como o elétrico topo de linha da Mercedes-Benz

O novo Mercedes-Benz EQS promete mesmo ser o lançamento do ano da Mercedes. Poucos dias após ter a surpreendente autonomia estimada de 770 km revelada, o sedã elétrico que terá a missão de ser o topo de linha da marca premium teve mais detalhes e especificações divulgados. 

Faltando menos duas semanas para a estreia oficial (será no próximo dia 15), o Mercedes EQS será oferecido com uma ampla gama de versões e possibilidades de configuração. A potência irá variar de 333 a 524 cv, dependendo da versão, e a tração pode ser traseira ou 4MATIC integral.  Já a bateria, que está sendo produzido na mesma fábrica que o EQS, estará disponível em duas opções com 90 e 108 kWh de capacidade útil. 

Galeria: Mercedes-Benz EQS - especificações

Inicialmente, a Mercedes antecipa dados sobre duas versões, ambas equipadas com dois motores elétricos e tração nas quatro rodas com a função Torque Shift, que distribui o torque de forma inteligente entre os eixos dianteiro e traseiro de forma independente. 

Mercedes EQS 450+: 245 kW de potência (333 cv) e 57,9 kgfm de torque. O consumo aprovado vai de 16 kWh/100 km no ciclo NEDC até 19,1 kWh/100, dependendo do nível de equipamentos e da configuração - esta versão deve ganhar posteriormente uma configuração de tração traseira para maior autonomia. 

Mercedes EQS 580 4MATIC: 385 kW de potência (524 cv) e 87,1 kgfm de torque, o que o torna o mais potente no momento do lançamento. Esta versão topo de gama tem tração integral 4MATIC, com um motor elétrico no eixo traseiro e outro no eixo dianteiro, ambos do tipo síncrono de íma permanente. O consumo de varia entre 16,9 e 20 kWh/100 km (NEDC). Tanto nesta versão quanto na anterior, a velocidade máxima é limitada eletronicamente a 210 km/h.

Mercedes-Benz EQS - especificações

Carregamento:

O novo Mercedes EQS pode ser carregado com uma potência máxima de 200 kW em estações de carregamento rápido com corrente contínua. O que é suficiente para atingir uma taxa de recuperação de 300 quilômetros de autonomia em apenas 15 minutos.

Além disso, a bateria do EQS pode ser recarregada em casa ou um estações de recarga públicas com até 22 kW em corrente alternada usando o carregador de bordo - a função de carregamento bidirecional estará disponível somente no Japão em um primeiro momento. 

Outras novidades do EQS serão as funções Plug & Charge e a função ECO Charging, que limita a potência máxima de carga durante recargas rápidas para reduzir a deterioração da bateria e ampliar sua vida útil. Existem vários programas de recarga inteligente que podem ser ativados automaticamente e novas funções para o sistema de navegação para facilitar o uso da bateria fazendo cálculos sobre o percurso e a necessidade de recarga até o destino, além de estimar os custos com o carregamento.  

Baterias

Disponível em duas opções de capacidade útil (90 kWh ou 107,8 kWh), a bateria de nova geração adotada pela Mercedes possui uma densidade de energia significativamente maior do que as usadas até agora, com células do tipo bolsa e química NCM 811 (níquel, cobalto e manganês em uma proporção de 8:1:1).

A bateria trabalha em um sistema elétrico de 400 volts e possui 10 ou 12 módulos, dependendo da capacidade, e pode receber atualizações remotas de software (OTA) para otimizar o sistema de gerenciamento de energia. Sua garantia será de 10 anos ou 250.000 quilômetros. 

Siga o InsideEVs Brasil no Twitter

Siga o InsideEVs Brasil no Facebook

Siga o InsideEVs Brasil no Instagram