OXIS Energy irá iniciar as entregas para testes; produção em massa começará em 2023 na nova fábrica de Juiz de Fora (MG)

A britânica OXIS Energy anunciou que pretende começar a entregar no último trimestre de 2021 as primeiras unidades das baterias de lítio-enxofre (Li-S) de estado quase sólido para clientes em aplicações de testes, prova de protótipos e sistemas de demonstração.

De acordo com a empresa, esses primeira geração das baterias chamadas Quasi Solid-State cells Li-S, que terá aplicação na aviação, marinha, defesa e veículos elétricos pesados, terá uma densidade de energia de 450 Wh/kg entre 550 Wh/l.

OXIS Energy - células de bateria

Um número que é visivelmente maior que a média da indústria (as células de carros elétricos superiores estão na faixa de 250-300 Wh/kg). No entanto, existem outros fatores importantes, como a entrega de energia, carga, preço, ciclo de vida, segurança e muito mais, que não estão necessariamente no mesmo nível das células de carros elétricos de última geração.

É por isso que geralmente a primeira aplicação para essas células é a aviação. Para aeronaves (a empresa é parceira da Bye Aerospace), o peso é o elemento mais importante.

"A OXIS tem colaborado com os fabricantes europeus no desenvolvimento da tecnologia de estado sólido Li-S por quase 4 anos. Como resultado de um avanço tecnológico três anos atrás, a OXIS entrou com pedido de 9 novas famílias de patentes para proteger tanto o Quasi quanto o Solid - Direitos de propriedade intelectual estaduais."

"A atratividade das células OXIS para o mercado de veículos é que, em média, os sistemas de bateria são até 60% mais leves do que os sistemas convencionais de bateria de íon-lítio."

Produção no Brasil

O que sabemos é que as entregas regulares das células (capacidade de 10-20 Ah) começarão em meados de 2022. A produção inicial será realizada na Welsh Plant em Port Talbot, Reino Unido, enquanto a produção em massa ocorrerá em 2023 na nova fábrica que a OXIS Energy está construindo aqui no Brasil em parceria com o Companhia de Desenvolvimento de Minas Gerais (Codemge) em Juiz de Fora (MG). 

"A OXIS comercializará a produção em massa da composição química de suas células Quasi e Solid-State em sua planta de Welsh em Port Talbot, Reino Unido. As células serão produzidas em massa em sua planta de fabricação de células em Juiz de Fora, no Estado de Minas Gerais, Brasil. A NORDIKA Farmacêutica de São Paulo já iniciou o trabalho de design na fábrica com conclusão prevista para o outono. O comissionamento está previsto para 2023."

A OXIS aperfeiçoou os mecanismos pelos quais maiores níveis de segurança e longevidade são alcançados à medida que avança para a implementação do Li-S quase sólido em 2021/2022. Em 2020, a OXIS impulsionou com sucesso uma aeronave totalmente elétrica nos Estados Unidos, atendendo aos requisitos do cliente e da Autoridade de Aviação Federal.

As próximas etapas serão:

  • 550 Wh/kg e 700 Wh/L no outono de 2023
  • 600 Wh/kg e 900 Wh/L em 2026

Ao contrário da maioria dos tipos de bateria de íon de lítio, essa química celular não contém cobalto, manganês e níquel.

Siga o InsideEVs Brasil no Twitter

Siga o InsideEVs Brasil no Facebook

Siga o InsideEVs Brasil no Instagram