Foco é 8% das empresas que precisam de mais de 300 km de autonomia ou não têm tempo para recarregar

A Citroën, assim como a Peugeot e a Opel, apresenta sua própria versão de furgão comercial movido a hidrogênio - o Citroën ë-Jumpy Hydrogen, que se junta ao recém-lançado Citroën ë-Jumpy totalmente elétrico.

Sua especificação é idêntica à do Peugeot e-Expert Hydrogen e do Opel Vivaro-e Hydrogen (Vauxhall Vivaro-e Hydrogen no Reino Unido) e também será oferecida em quantidades limitadas a partir do final deste ano.

Galeria: Citroën ë-Jumpy Hydrogen

A empresa explica que a versão a hidrogênio complementará sua linha elétrica movida a bateria para clientes que precisam de mais de 300 km de autonomia com uma única carga ou não podem recarregar. Estima-se que o Citroën ë-Jumpy Hydrogen ofereça mais de 400 km de autonomia. 

A parcela de empresas/clientes que requerem alcance adicional (em comparação com os cerca de 330 km na versão a bateria) é estimada em 8%.

"A Citroën complementa sua linha de veículos comerciais elétricos com tecnologia de hidrogênio para atender às necessidades de 8% das empresas que precisam fazer viagens de mais de 300 km ou que não têm tempo para recarregar o veículo durante o dia. A gama da marca atenderá, portanto, a todos às necessidades do segmento."

Significaria que, mesmo que os veículos com célula de combustível a hidrogênio tivessem sucesso (o que é duvidoso devido à eficiência energética de todo o processo), seu mercado seria limitado e mais de 10 vezes menor do que os veículos elétricos a bateria.

Os veículos elétricos a bateria são bastante adequados para todas as aplicações com requisitos de alcance na faixa de 100-300 km por dia, se houver acesso ao carregamento noturno. Ocasionalmente, eles podem ir além com carregamento adicional CA ou CC durante o dia. Acreditamos fortemente que, com as melhorias na tecnologia das baterias (densidade/alcance e custo de energia), o tempo está ao lado dos veículos elétricos a bateria.

Especificações do Citroën ë-Jumpy a hidrogênio:

  • autonomia total de mais de 400 km; reabastecimento dos tanques de hidrogênio em 3 minutos; três tanques de hidrogênio de 700 bar (70 MPa) com 4,4 kg de hidrogênio, sob o assoalho
  • pilha de células combustíveis de 45 kW
  • alcance com a bateria: 50 km
  • bateria de 10,5 kWh (buffer); potência de pico de 90 kW
  • tração dianteira
  • Motor elétrico de ímã permanente de 100 kW (135 cv) e 26,5 kgfm
  • Carregador de bordo trifásico de 11 kW
  • 2 comprimentos disponíveis (M 4,95 m e XL 5,30 m) com as mesmas características de volume de carga que as versões diesel e elétrica a bateria
  • volume de carga de 5,3 m3 a 6,1 m3; carga útil de até 1.100 kg com reboque de até 1.000 kg

Siga o InsideEVs Brasil no Twitter

Siga o InsideEVs Brasil no Facebook

Siga o InsideEVs Brasil no Instagram