As chinesas CATL e BYD podem se tornar fornecedores de baterias para a nova planta da Apple nos Estados Unidos

A história do carro elétrico da Apple, que parece estar se encaminhando de forma concreta, ganhou mais um desdobramento. Foi relatado recentemente que a empresa de tecnologia já está em negociações com os principais fabricantes de baterias e planeja até construir uma fábrica. 

São eles a Contemporary Amperex Technology Co. Limited - CATL, maior fabricante mundial de baterias que abastece montadoras como Tesla, Mercedes, Toyota, Volkswagen, Honda e Hyundai, entre outras e a BYD (quarto maior fornecedor mundial de baterias automotivas).

Galeria: Carro da Apple - projeção Motor1

De acordo com a Reuters, a Apple quer não apenas firmar parcerias com as empresas para fornecer baterias para seu projeto Apple Car, mas também produzi-las nos Estados Unidos. A matéria diz que a CATL está relutante em abrir uma fábrica nos EUA (por causa de algumas tensões recentes entre os governos dos EUA e da China) e também há a questão do custo (despesas trabalhistas mais altas, entre outros fatores, que aumentariam o preço das baterias).

A Apple estava supostamente desenvolvendo sua própria tecnologia de bateria para seu carro elétrico, mas ainda não está claro se ela realmente construiria os packs ou se outra empresa (especializada) assumiria esta tarefa. Sabe-se também que a Apple prefere baterias de fosfato de ferro-lítio que, por usarem ferro em vez de níquel e cobalto, acabam sendo mais baratas.

Ainda não sabemos se é uma coincidência que esta notícia chegue logo após o presidente dos EUA, Joe Biden, anunciar que os Estados Unidos estão procurando atrair mais fabricantes para a mobilidade elétrica

A maior economia do mundo tem US$ 174 bilhões prontos para ajudar a acelerar o desenvolvimento da produção e comercialização de veículos elétricos. A Apple precisa fazer esses negócios acontecerem em breve se quiser cumprir o prazo de 2024 para o lançamento de seu carro elétrico.

Siga o InsideEVs Brasil no Twitter

Siga o InsideEVs Brasil no Facebook

Siga o InsideEVs Brasil no Instagram