Veículo compõe lote de 100 unidades que vão entrar em operação até o fim do ano

A primeira unidade do Volkswagen e-Delivery foi entregue oficialmente à Ambev. A Volkswagen Caminhões e Ônibus anunciou nesta semana que o caminhão elétrico inteiramente desenvolvido e produzido no Brasil começou a sair da linha de montagem em Resende (RJ) para as ruas. 

Essa primeira entrega do caminhão elétrico faz parte de um lote inicial de 100 unidades encomendadas pela cervejaria que estarão em operação até o fim deste ano. Ao todo, a Ambev planeja ter um total de 1.600 unidades do Volkswagen e-Delivery para compor sua frota de veículos zero emissão até 2025. 

Galeria: Volkswagen e-Delivery

O primeiro caminhão elétrico da Volkswagen na versão de produção a chegar às ruas é uma unidade e-Delivery 14 toneladas 6x2 - todos os modelos anteriores ainda estavam em fase de desenvolvimento e validação da tecnologia concebida pela montadora.

Desenvolvido em parceria com a Ambev, o caminhão elétrico rodou mais de 45.000 quilômetros em testes, deixando de emitir mais de 34 toneladas de CO2 e de consumir mais de 10.000 litros de diesel. O ciclo também confirmou um potencial de regenerar cerca de 40% da energia da frenagem ou mesmo em desacelerações e, assim, alimentar as baterias.

Concebido por um time dedicado de mobilidade elétrica, o e-Delivery foi produzido na fábrica da VW Caminhões e Ônibus em Resende (RJ), que recentemente deu início à montagem em série desses modelos elétricos, tornando-se a primeira do país com essa operação em larga escala.

"O que estamos fazendo é histórico. Vamos colocar em operação junto com a Ambev uma frota de cem caminhões elétricos circulando pelas ruas do país até o fim de 2021. Estamos avançando no mesmo ritmo que a tecnologia se desenvolve em economias mais avançadas, como a europeia e a norte-americana, graças ao know-how de nossos engenheiros brasileiros. E não paramos por aí, em breve teremos mais novidades para anunciar sobre todo o ecossistema que criamos para viabilizar a introdução da mobilidade elétrica no Brasil", afirma Roberto Cortes, presidente e CEO da VW Caminhões e Ônibus.

Além do investimento na aquisição dos veículos, a Ambev está inaugurando mais de 44 usinas solares em todo o Brasil, que, juntamente com outros projetos de energia renovável, vão produzir eletricidade o suficiente para atender 100% dos 93 centros de distribuição da companhia pelo país. Assim, 100% destes caminhões elétricos que prestarem serviço para a Ambev serão alimentados por energia renovável quando a frota estiver completa.

Siga o InsideEVs Brasil no Twitter

Siga o InsideEVs Brasil no Facebook

Siga o InsideEVs Brasil no Instagram

Fonte: VWCO