Este artigo é uma cortesia da EVANNEX, que produz e vende acessórios Tesla pós-venda. As opiniões expressas não são necessariamente do InsideEVs, nem fomos pagos pela EVANNEX para publicar esses artigos. Achamos interessante a perspectiva da empresa como fornecedora de acessórios da Tesla e estamos felizes em compartilhar seu conteúdo gratuitamente. Aproveite!

Postado no EVANNEX em 09 de outubro de 2021 por Charles Morris

Está cada vez mais claro que as montadoras que abraçarem a eletrificação (e gerenciarem a transição efetivamente) terão uma vantagem competitiva sobre aquelas que tentam atrasar o inevitável. Os fornecedores de componentes, que se espalham por todo o mundo e empregam milhares de pessoas, não são tão mencionados na mídia, mas enfrentam a mesma dinâmica.

Acima: A Bosch trabalha com a Tesla e outras grandes montadoras como fornecedora chave para veículos elétricos (Fonte: Bosch)

O fornecedor de nível 1 Bosch vem se preparando para a mudança há vários anos — atualmente oferece uma ampla gama de produtos relacionados à mobilidade elétrica, desde e-bikes até máquinas de construção e chips de carboneto de silício a módulos integrados de eixos elétricos.

A Bosch fornece chips semicondutores para a Tesla. A empresa alemã anunciou recentemente que espera gerar mais de 1 bilhão de euros em vendas de mobilidade elétrica este ano. A Bosch diz que investiu cerca de 5 bilhões de euros em eletromobilidade até o momento, e planeja colocar mais 700 milhões de euros este ano. Até 2025, espera-se que as vendas cresçam cinco vezes.

Acima: Um olhar para os esforços recentes da Bosch como fornecedor automotivo trabalhando para a eletrificação de veículos (YouTube: Bosch Mobility Solutions)

"A eletromobilidade se tornará um negócio central para nós", disse o Dr. Volkmar Denner, presidente do Conselho de Administração da Bosch. "Deve ser amigável ao clima, mas também tem que ser acessível e atraente, especialmente à luz das metas ambiciosas estabelecidas pela UE."

"Estamos nos preparando para aumentar a demanda por veículos elétricos em todo o mundo", disse o membro do Conselho Dr. Stefan Hartung. "Em todo o mundo, esperamos que 60% de todos os veículos recém-emplacados em 2035 sejam elétricos."

A Bosch está investindo não apenas em trens de força elétricos a bateria, mas também em propulsão de células de combustível, bem como em projetos de autonomia e conectividade de veículos.