As primeiras imagens do Smart #5, um SUV elétrico da joint venture entre Geely e Mercedes-Benz, foram reveladas pelo Ministério da Indústria e Tecnologia da Informação (MIIT) da China. Apresentado em conceito no Salão de Pequim em abril, o modelo agora tem suas principais especificações divulgadas enquanto aguarda licença para venda no país.

O Ministério da Indústria e Tecnologia da Informação (MIIT) publicou o pedido de homologação do Smart #5, revelando quatro opções de cores e quatro variantes de trem de força. O SUV de médio porte não é compacto, com dimensões de 4705/1920/1705 mm (comprimento/largura/altura) e um entre-eixos de 2900 mm. É um modelo 5 portas e 5 lugares, podendo ser equipado com rodas de 18 a 21 polegadas. O peso bruto chega a 2.450 kg na versão topo de linha, com 638 cavalos de potência.

O Smart #5 oferece quatro opções de trem de força:

  • Tração traseira, motor único de 250 kW (335 cv)
  • Tração traseira, motor único de 267 kW (358 cv)
  • Tração integral, dois motores: dianteiro de 165 kW (221 cv) e traseiro de 267 kW (358 cv), potência combinada de 432 kW (579 cv)
  • Tração integral, dois motores: dianteiro de 165 kW (221 cv) e traseiro de 310 kW (416 cv), potência combinada de 475 kW (638 cv)

As versões com tração traseira são equipadas com baterias de fosfato de ferro lítio (LFP), enquanto as versões com tração integral terão baterias de níquel, manganês e cobalto (NMC). A capacidade ainda não foi divulgada. A velocidade máxima é limitada a 200 km/h para todas as variações, exceto a topo de linha, que chega a 210 km/h.

De acordo com apurações anteriores, o Smart #5 contará com arquitetura de 800V e carregamento rápido 4C, o que significa que o carro poderá ser carregado teoricamente quatro vezes em uma hora ou, em outras palavras, totalmente carregado em apenas 15 minutos. A versão topo de linha terá uma bateria de 100 kWh, com autonomia de 700 km pelo ciclo CLTC.

Além da performance, o Smart #5 tem visual esportivo e design moderno. A frente chama atenção com arcos pretos e para-lamas robustos. A data de lançamento ainda não foi anunciada, mas os nossos amigos do CarNewsChina esperam que ela ocorra no quarto trimestre deste ano.

A Smart é uma joint venture entre a Geely e a Mercedes-Benz, e todos os carros são produzidos na China. A marca também vende na Europa, tendo emplacado 1.509 EVs somente na Alemanha em maio, tornando-se a marca chinesa número um por lá, atrás apenas da MG. No entanto, na China, o desempenho ainda é tímido, com cerca de 3.000 unidades vendidas em maio e ficando fora do top 50 de marcas.

Fonte: CarNewsChina