Lançamento é esperado para o final de 2020

Na Europa, se você quiser comprar um carro elétrico da Renault, você não tem muita escolha. Há o Zoe, que domina as vendas do segmento na França, o quadriciclo Twizy ou modelos comerciais como Master ZE e Kangoo ZE. Ao menos parece a fabricante está ciente disso e prepara uma forma de mudar este panorama. 

A revista Autocar entrevistou Ali Kassai, diretor de programas e planejamento de produtos da Renault. O executivo revelou que planeja lançar uma versão elétrica do Twingo, aproveitando que o Smart, seu companheiro de plataforma, também oferece uma versão deste tipo. "Antes tínhamos planos de lançar um Twingo elétrico, mas vimos que não haviam estação de recarga o suficiente e deixamos o projeto de lado", revela Kassai.

Esta situação mudou desde então, com uma quantidade maior de carros elétricos na rua e, consequentemente, mais estações de recarga. O Smart EQ utiliza o motor R240 do Renault Zoe, produzido 82 cv e 16,3 kgfm de torque. A bateria de 17,6 kWh entrega potência o suficiente para que possa rodar por 154 km, o que só é o suficiente para andar um pouco na cidade.

A questão é só o Renault Twingo elétrico terá exatamente a mesma mecânica que o Smart EQ. Existem as limitações do tamanho do carro e da plataforma, então fica a dúvida se caberia um conjunto de baterias de maior capacidade. Além disso, ainda temos que ver como ela irá posicionar o Twingo agora que a fabricante confirmou que venderá o Kwid elétrico na Europa.

Fonte: Autocar