Derivado do XC40 Recharge, o novo crossover será exclusivamente elétrico e terá vendas online

O que era apenas um desejo agora se torna uma meta. A Volvo realmente vai se transformar em uma montadora somente de carros elétricos a partir de 2030 e em direção a este objetivo a marca sueca realiza nesta terça-feira (2) o lançamento mundial do seu segundo veículo elétrico: o novo Volvo C40.

Primeiro passo em direção ao que pode ser chamado de revolução digital, o novo C40 é o primeiro carro da montadora que estreia exclusivamente como um veículo zero emissões (não terá versões à combustão) e também é o primeiro a ser projetado desde o zero com um sistema de propulsão elétrico.

Galeria: Volvo C40 Recharge

Derivado do XC40 Recharge, versão 100% elétrica do XC40, o C40 se distingue pelo estilo 'suv-cupê' e uma aparência geral mais esportiva em relação ao irmão mais velho. O lançamento é equipado com dois motores elétricos alimentados por uma bateria de íon-lítio de 78 kWh que confere ao modelo uma autonomia de até 420 km.

Na prática, é a mesma configuração de tração integral do XC40 Recharge, oferecendo uma potência combinada de 408 cv (300 quilowatts) e 67,3 kgfm de torque. O desempenho é idêntico, precisando de 4,7 segundos para acelerar de 0 a 100 km/h antes de atingir a velocidade máxima de 180 km/h (limitada eletronicamente). 

Volvo C40 Recharge

A bateria pode ser recarregada tanto em corrente alternada quanto em corrente contínua. Com 11 kW é possível completar a carga em cerca de 7 horas e meia, enquanto que ao usar estações rápidas de até 150 kW, é possível ir de 0 a 80% da capacidade da bateria em apenas 40 minutos.

O estilo externo do Volvo C40 é mais musculoso, principalmente na parte inferior. Ele mescla elementos de SUV/crossover com linhas mais esportivas, principalmente do meio para a traseira, que ostenta um teto com caída bem acentuada na traseira.

Criado desde o zero como um carro elétrico, o C40 tem uma abordagem ecológica mais ampla, sendo o primeiro carro da marca a não possuir estofamento em couro, por exemplo. Além disso, o modelo traz novos conceitos de produção, com uma gama de versões simplificada que permite otimizar o tempo de produção e garantir entregas mais rápidas para os clientes. 

Na parte interna, o novo C40 traz novidades como a última geração do sistema de informação e entretenimento da Volvo desenvolvido em parceria com o Google e baseado no Android. O sistema pode interagir com outros sistemas do gigante da tecnologia, como o Google Maps, Google Assistant e Google Play Store.

Outra inovação desse sistema é o fato de ser completamente atualizável remotamente por meio de atualizações over-the-air. Essas atualizações online também se aplicam aos sistemas de gerenciamento eletrônico do veículo. 

Assim, a Volvo dá mais um passo para seu 'futuro elétrico', bem como disse Henrik Green, diretor de tecnologia, "Não há futuro a longo prazo para carros com motor de combustão interna." 

Fonte: Volvo

Siga o InsideEVs Brasil no Twitter

Siga o InsideEVs Brasil no Facebook

Siga o InsideEVs Brasil no Instagram