Carro elétrico urbano teve o pedido de registro no país com a nomenclatura da versão de topo 'Icon'

Flagrado algumas vezes em testes e com lançamento confirmado no Brasil, o novo Fiat 500 elétrico também já teve o seu pedido de marca registrada efetivado no país. Estratégico para a Fiat, o carro elétrico urbano será o segundo modelo zero emissões do Grupo Stellantis no mercado nacional. 

A Fiat ainda não divulgou a data de lançamento do compacto elétrico por aqui, mas a julgar pelos flagras e demais preparativos, tudo indica que a estreia está próxima. E falando do registro, o carrinho 100% elétrico teve a solicitação de marca como Fiat 500e Icon, a identificação da versão topo de gama. É um procedimento não muito comum, pois normalmente somente o nome do modelo é registrado, sem a nomenclatura da versão de acabamento. 

Galeria: Teste Fiat 500e

Dessa forma, a grande possibilidade é de que o carro elétrico da Fiat desembarque por aqui somente na versão de topo Icon, ao menos em um primeiro momento. Bem equipado, este nível de acabamento se destaca também pela autonomia mais ampla do que nos modelos de entrada. 

Impressões ao dirigir - Fiat 500 elétrico - interior
Interior da versão Icon

Entre os principais itens do 500e Icon podemos destacar sistema de informação e entretenimento com navegação e tela de 10,25", ar condicionado automático, sensores de luz e chuva, rodas de liga leve aro 16", acesso e partida sem chave, reconhecimento de sinais de trânsito, detector de fadiga, frenagem automática de emergência com detecção de pedestres, assistente inteligente de velocidade, chamada de emergência, três modos de condução e chave canivete, entre outros itens e comodidades. 

Fiat 500 eletrico registro2

Nesta versão, o conjunto propulsor é formado pelo motor elétrico dianteiro de 87 kW (118 cv) e 22,4 kgfm de torque que permite acelerar de 0 a 100 km/h em 9 segundos (de 0 a 50 km/h em 3 segundos) e alcançar a velocidade máxima de 150 km/h. 

A bateria que alimenta o sistema tem 42 kWh e garante autonomia de até 320 km com uma carga, considerando o padrão europeu WLTP. Já o carregamento pode ser realizado em corrente alternada a 11 kW (trifásico) em 4 horas e 15 minutos para uma carga completa. A recarga rápida em corrente contínua vai a 85 kW e permite recuperar de 0 a 80% da carga em 35 minutos. 

Preço

Lançado há poucos meses, o Fiat 500 elétrico na versão de topo Icon custa na maioria dos mercados europeus 32.000 euros, ou R$ 221.000 em uma conversão direta - o que chamamos de 'preço cheio'. Por lá, os incentivos variam normalmente entre 6.000 e 7.000 euros (R$ 41.000 a R$ 48.000), dependendo do país, o que deixa o preço final bem mais atraente.

Quando a Fiat começou a falar na vinda do 500 elétrico ao Brasil, isso no começo do ano passado, estimou-se um preço de no máximo R$ 200.000. Mas o cenário externo ficou mais turbulento e o dólar disparou, então podemos esperar por uma faixa de preço ligeiramente mais alta. Acreditamos em algo acima dos R$ 250.000. A conferir. 

Siga o InsideEVs Brasil no Twitter

Siga o InsideEVs Brasil no Facebook

Siga o InsideEVs Brasil no Instagram