Projeto ainda leva um tempo para ser concluído, mas o progresso alcançado até agora é bastante interessante

Em maio de 2019, a Triumph anunciou ao mundo que estava trabalhando no misterioso projeto de motocicleta elétrica TE-1. É um caminho emocionante para se enveredar e, nos últimos dois anos, qualquer pessoa interessada em carros e motocicletas provavelmente observou a indústria de veículos elétricos do Reino Unido com um olhar atento e interessado.  

O pessoal da Hinckley não estava interessado em começar esta jornada sozinho. Em vez disso, eles planejaram contar com outras empresas britânicas e suas competências desde o início. A Williams Advanced Engineering - que é, sim, relacionada à falecida e grande dinastia da Fórmula 1 - lidaria com a bateria e o sistema. A Integral Powertrain cuidaria do motor elétrico.

Galeria: Triumph TE-1 - Protótipo de chassi e esboços de design

Por último, mas certamente não menos importante, a Universidade de Warwick faria o benchmarking do protótipo e desenvolveria planos de como proceder antes que o protótipo pudesse ser testado. 

Agora estamos em março de 2021 e a Triumph está de volta com uma atualização da TE-1. Os esboços do conceito, deve ser dito, estão muito mais para Electric Speed ​​Triple do que Electric Bonneville, e estamos satisfeitos com isso. Aquele braço oscilante de um lado, em particular, é adorável de se ver. 

Mas há mais no TE-1 do que isso. De acordo com a Triumph, a ideia do modelo a bateria é muito mais sobre uma plataforma elétrica mais ampla do que simplesmente limitada a este primeiro projeto de moto elétrica. O TE-1 trata de criar uma nova maneira de pensar sobre motocicletas. É a Triumph que se imagina como algo diferente de um simples fabricantes de motocicletas com motor a combustão, a longo prazo. 

Triumph TE-1 Chassis Prototype Next To Design Inspiration

Embora a Triumph tenha convidado a Williams Advanced Engineering, a Integral Powertrain e a University of Warwick para cada um contribuir com atualizações sobre suas partes deste projeto, devo alertar que a equipe considera que ainda está na metade do caminho para a conclusão. 

Em outras palavras, ainda faltam vários quilômetros antes de cruzarmos a linha de chegada e começarmos a falar sobre coisas realmente práticas como capacidade da bateria, autonomia, tempo de carregamento, peso e todas as outras especificações. Também estamos a quilômetros de distância de cronogramas de produção, distribuição e até mesmo questões básicas de preços neste momento. 

Agora, as atualizações. Até o momento, a Integral Powertrain está reivindicando um equivalente a 180 cavalos de potência de um motor elétrico que pesa apenas 10 quilos. Isso será significativo e impressionante se estiver próximo dos números de produção do mundo real. Eles fizeram isso, em parte, combinando o inversor e o motor em um único pacote compacto, com foco na centralização de massa e na simplificação geral de toda a estrutura operacional. 

O protótipo de motor totalmente funcional, afirma a IP, está "atingindo uma densidade de potência duas vezes maior que a meta estabelecida pelo Conselho Automotivo do Reino Unido para 2025". Isso é um enfático "uau!" para superdotados em todos os lugares. 

Enquanto isso, a Williams Advanced Engineering está prometendo densidade de energia e redução de massa impressionantes, ainda sem paralelo, de sua bateria. No entanto, tudo segue guardado a sete chaves. A Triumph também revelou um protótipo de chassi, que inclui um quadro principal e um quadro traseiro, com a bateria e o motor instalados. 

Como a conclusão deste projeto ainda está na metade, ainda há um longo caminho a percorrer para sua conclusão. No entanto, é bom ver o progresso que o Triumph fez, bem como obter mais alguns detalhes concretos que mostram Hinckley dando um passo mais perto de seu futuro elétrico.  

A propósito, a Triumph diz que se tudo correr conforme o planejado, devemos ver um protótipo de design no final de 2021. Nossos dedos estão cruzados para que essa previsão se concretize. 

Siga o InsideEVs Brasil no Twitter

Siga o InsideEVs Brasil no Facebook

Siga o InsideEVs Brasil no Instagram