A van de emissão zero produzida para um projeto piloto está exposta ao lado do SUV elétrico ID.4

No famoso Concours d'Elegance de Amelia Island, a Volkswagen se apresentou com dois veículos que representam o passado e o presente da marca. O primeiro é o SUV elétrico ID.4 e o segundo é nada menos que um Type 2 ano 1979, um veículo que fez história no Brasil onde foi batizado como Kombi. 

Mas o interessante nisso tudo é esse Type 2 é um raríssimo exemplar chamado de Volkswagen Elektrotrasporter, traduzindo, uma Kombi 100% elétrica. O que é impressionante e significa que há 42 anos um exemplar do multiuso da VW já saiu de fábrica equipado com um motor elétrico e um conjunto de baterias. 

Galeria: Volkswagen Kombi elétrica - 1979

Testes com elétricos nos anos 60 e 70

O Volkswagen Elektrotrasporter, da Volkswagen America, ficará exposto durante o evento que acontece todos os anos no famoso resort do norte da Flórida e homenageia uma das vertentes temáticas da edição de 2021.

Durante as décadas de 1960 e 1970, a empresa de Wolfsburg testou uma série de veículos com emissão zero. Ele produziu alguns exemplares apenas para fins de pesquisa e também alguns Golfs com os quais começou a estudar as oportunidades por trás da mobilidade com emissão zero. Em 1978, o Electric Power Research Institute comprou 10 vans elétricas para iniciar um projeto piloto com as autoridades do Vale do Tennessee. E este Elektrostransporter vem de lá.

Volkswagen Kombi elétrica - baterias

23 cv e 77 km/h

A perua elétrica é alimentada por 24 baterias de chumbo-ácido com um peso total de 555 kg e todas instaladas debaixo do assoalho. O motor elétrico é fixado diretamente na segunda marcha da transmissão original e fornece uma potência de 23 cavalos, permitindo que o Elektrotransporter alcance uma velocidade máxima de 77 km/h.

  • Bateria: ácido de chumbo, peso 555 kg
  • Potência máxima: 23 cv
  • Velocidade máxima: 77 km/h

Uma das características mais interessantes diz respeito ao fato de que a van elétrica de 42 anos já possuía um sistema de freio regenerativo, uma característica hoje difundida em todos os carros elétricos modernos, mas que era uma verdadeira novidade na época.

Elétrico original e restaurado

"Estamos entusiasmados em compartilhar dois fantásticos veículos elétricos da Volkswagen com o público - disse Hein Schaefer, - VW vice-presidente da América - a Volkswagen tem uma história de inovação e o ID.4 é apenas o primeiro passo no nosso plano de tornar a inovação dos veículos elétricos verdadeiramente acessível para todos."

Não é a primeira vez que a Volkswagen America expõe sua van elétrica do passado. A marca já havia feito isso em 2019, mas nesse caso foi uma conversão elétrica de um exemplar da van que nasceu com o motor de combustão original.

Siga o InsideEVs Brasil no Twitter

Siga o InsideEVs Brasil no Facebook

Siga o InsideEVs Brasil no Instagram