Carros elétricos e híbridos podem ter IPVA zero no estado São Paulo

Governador Tarcísio de Freitas declarou planos para isentar o imposto no estado já à partir de 2024

Os carros elétricos e híbridos que circulam no estado de São Paulo podem ter o Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) reduzido ou mesmo zerado. O plano foi comentado pelo governador Tarcísio de Freitas nesta terça-feira (25) e pode entrar em vigor já em 2024.

O governador do estado falou sobre o assunto durante uma visita à fábrica da GWM em Iracemápolis (SP).

"A intenção é reduzir ou mais provavelmente zerar o IPVA desses veículos", disse Freitas.

O interessante é que a fala do governador se dá no mesmo momento em que um aumento de tributação para carros elétricos e híbridos é sustentado pela Anfavea, entidade que representa os fabricantes automotivos no país. O objetivo é passar a cobrar imposto de importação para os modelos eletrificados, que até o momento são isentos desse tributo.

Mas voltando ao estado de São Paulo, a isenção de IPVA se mostra uma medida favorável. Vale lembrar que, na capital, desde o ano passado, já existe o desconto de 50% para os veículos eletrificados de qualquer valor. Ampliar essa medida para todo o estado é mais um incentivo para mobilidade elétrica. 

Na verdade, o governador já havia falado sobre o tema incentivos para carros elétricos (e eletrificados, sem especificar) na semana passada, durante o anúncio do investimento de R$ 1,7 bilhão da Toyota para produzir um inédito veículo compacto híbrido flex em sua fábrica de Sorocaba (SP).

Já a GWM está investindo mais de R$ 10 bilhões para transformar a antiga fábrica da Mercedes-Benz em Iracemápolis em um polo de veículos híbridos e elétricos para toda a América Latina a partir de 2024 - o novo complexo automotivo terá capacidade para 100 mil veículos por ano e irá gerar 2 mil novos empregos diretos até 2025.

Fonte: Automotive Business 

Read more