Modelo 100% elétrico vendido ainda é o mais barato vendido no Brasil

A Renault é uma das primeiras montadoras a apostar em carros elétricos no Brasil. Talvez você não lembre, mas a marca francesa já trouxe o Fluence Z.E., Kangoo Z.E. e o Twizy em uma época que ainda não existia legislação que permitisse a venda de veículos de emissão zero. Por isso, supreendeu ao anunciar o preço e a venda imediata do ZOE, no Salão do Automóvel de São Paulo em novembro do ano passado.

Renault Zoe

O que é?

Hatch compacto, o ZOE é o que podemos chamar de nova geração do Clio em versão elétrica. Suas dimensões são perfeitas para a cidade e seu visual chama a atenção sem exageros por onde passa. Por ser raro nas ruas, se destaca pela dianteira pronunciada e de linhas arredondadas que ostentam um imenso logo da Renault. Também chama a atenção a ausência de uma grade dianteira, dispensável nos elétricos, e pelo tom azul presente dentro do conjunto óptico. 

Na lateral a visão é de um carro moderno, com linhas marcantes que sobem pela linha de cintura e se integram com as lanternas. A coluna C também tem desenho diferenciado dos demais modelos da Renault vendido por aqui, mostrando que está um passo adiante em termos de estilo. Por fim, a traseira também de traços limpos, ostenta lanternas translúcidas com elementos internos em azul.

Renault Zoe
Renault Zoe

Sabemos que na Europa o Renault Zoe já ganhou uma nova geração, mas em termos de estilo, o atual vendido no Brasil ainda consegue causar a impressão de modernidade que um carro elétrico propõe.

Por dentro, um carro normal. Importado da França, traz também o bom acabamento europeu com materiais de excelente qualidade no painel, revestimento das portas e forro do teto. Na região central, uma bela tela colorida exibe informações do sistema de infotainment e também do gerenciamento e uso do sistema elétrico. O painel de instrumentos, totalmente digital, oferece boa leitura da velocidade e exibe de forma prática o nível da bateria. No entanto, poderia ser maior. 

Renault Zoe

Como anda?

O ZOE é equipada com um motor elétrico que oferece potência equivalente a 90 cv, pouco perto dos compactos com motores a combustão atuais. Mas são os 22,4 kgsifm de torque disponível a zero minuto que muda completamente o jogo. Basta chamar no acelerador que o ZOE responde bem. Quando acionado a função Eco, o sistema de gerenciamento de energia otimiza todas as funcionalidades para reduzir ao máximo o consumo de energia. Na prática, o carro fica lento na saídas e sofre nas retomadas. A dica é não usar o Eco se estiver com pressa ou precisar fazer uma ultrapassagem.

Rodando com o francês durante o tempo, já é possível notar os sinais da idade. A direção poderia ser mais comunicativa e o balanço geral do carro, por conta de distribuição do peso das baterias, também poderia ser melhor. Com certeza são evoluções presentes na nova geração.

Renault Zoe

Seu porte urbano facilita a sua transição pelo pesado trânsito de São Paulo. O lado bom, como todo elétrico, é o desligamento do carro nas paradas. Sem usar o modo Eco, é um carro esperto e ágil no trânsito. Oferece boa visibilidade em qualquer direção e os bancos são confortáveis. 

Fato curioso é ruído artificial que a Renault criou para alertar as pessoas ao redor do carro e também dentro do carro. O som lembra o carro dos Jetsons, o que é até legal, mas o que fica estranho é ser linear e sem alterações até mesmo em alta velocidade. Você pode estar devagar ou bem rápido que o ruído é mesmo. Se quiser rodar no silêncio, tudo bem, basta desligar por meio de um botão no lado esquerdo do painel.

Quanto custa?

A Renault vende o ZOE com o mesmo preço anunciado no Salão do Automóvel do ano passado: R$ 149.990. Esse valor ainda o posiciona como o carro elétrico mais barato do Brasil, mas vale lembrar que a JAC Motors já prometeu o iEV20 por R$ 119.990 a partir do ano que vem. 

O fato é que o Renault ZOE, com sua autonomia declarada de 300 quilômetros de acordo com a Renault, é um carro bacana e que encaixa bem na cidade. Com interior de alta qualidade e visual ainda moderno, o ZOE é o tipo de carro que mostra que ser elétrico é normal e não uma coisa de outro mundo. Obviamente a nova geração traz muitas melhores (teremos um teste em breve), mas seu preço deve acompanhar as inovações.

Tempo de Recarga do Renault Zoe

Wallbox / Posto de Recarregamento Tempo de Recarga % de carga
22kW (3x32A) 2h40 100%
11kW (3x16A) 4h30 100%
7,4KW (32A) 7h18 100%

Ficha Técnica Renault Zoe

Arquitetura Carroceria monobloco, hatchback, 5 passageiros, 4 portas.
Motor Elétrico
Potência máxima (ABNT) 92 cv / 3.000 a 11.300 rpm
Torque máximo (ABNT) 22,4 kgfm / 250 a 2.500 rpm
Capacidade da bateria 41 KWh
Autonomia (Ciclo WLTP) 300 km 
Pneus/rodas  Roda de Alumínio 16" / Pneu 195/55R16
Suspensão dianteira Tipo MacPherson
Suspensão traseira Eixo de torção
Freios Sistema ABS com EBD, com discos ventilados na dianteira e freios traseiros com tambores; ESP (controle eletrônico de estabilidade); HSA (assistente de partida em rampas) 
Direção Elétrica, com diâmetro giro de 10,6 m
Câmbio Automático
Porta-malas   334 litros
Carga útil 486 kg
Peso (em ordem de marcha) 1.480 kg
Entre-eixos 2.588 mm
Comprimento 4.084 mm
Altura 1.562 mm
Largura (sem retrovisores) 1.730 mm
Aceleração 0 a 100 km/h 13,2 s
Velocidade máxima 135 km/h

Galeria: Renault Zoe no Brasil